Barbie pelo mundo: Brasil

Vários países sul-americanos produziram Barbies durante os anos 1980 e 1990. Destes nenhum se destacou tanto quanto o Brasil. A fabricação nacional foi assumida pela tradicional empresa de brinquedos Estrela, conhecida pela alta qualidade de seus produtos e utilização de padrões internacionais de produção. Estas Barbies fizeram tanto sucesso e até hoje são consideradas tão belas que existem colecionadores com foco apenas nestas bonecas.

Crédito da imagem: Sandrinha Cavalcante/Flickr

As Barbies brasileiras se destacaram em diversos aspectos das versões produzidas nos Estados Unidos. Alguns nomes de personagens foram alterados e muitas coleções foram exclusivas daqui. Outra diferença em relação às bonecas norte-americanas é que nenhuma boneca negra foi produzida, e raros são os casos de bonecas orientais da marca Estrela. Em algumas coleções em que os personagens originais eram étnicos, as versões brasileiras foram substituídas por personagens caucasianos. O fato da Barbie brasileira ter os pulsos flexíveis numa época em que as versões importadas não os tinham agradava muito os colecionadores que chegavam a dar preferência às versões da Estrela no lugar das importadas. Estas bonecas também vinham com um stand no formato de estrela, mas ao contrário do que muitos pensam este stand não foi criado no Brasil e sim nos Estados Unidos. Porém no exterior este stand foi usado somente entre 1977 e 1979 e acabou virando uma marca das Barbies produzidas no Brasil.

Com tiragens modestas se comparadas às quantidades produzidas hoje em dia, estas Barbies se tornaram raridades e atingem altos valores no mercado internacional. A produção da Estrela durou de 1983 a 1995 e depois foi assumida pela Mattel.

Veja a seguir algumas destas brasileiríssimas Barbies companheiras de brincadeira de diversos leitores do MBD:

Continue lendo “Barbie pelo mundo: Brasil”

Barbie pelo mundo: Japão

A história das Barbies produzidas no Japão é bem antiga. Os primeiros lançamentos exclusivos chegaram às prateleiras nos anos 1960 utilizando os moldes de rosto mais antigos de Barbie, tais como o Original e o TNT. Ao contrário das versões lançadas nos Estados Unidos as bonecas japonesas trajavam quimonos e outras roupas comuns à cultura deste país. Personagens como Skipper e Francie também foram lançadas no país e até ganharam amigas exclusivas. Várias empresas produziram as Barbies japonesas (algumas ao mesmo tempo) ocasionando diferenças entre bonecas produzidas no mesmo ano.

Barbies exclusivas lançadas no Japão na década de 1960 | Crédito da imagem: LovesBabs/Flickr

Porém nos anos 1970 no auge da era SuperStar Barbie não fazia o mesmo sucesso no Japão. A figura altiva e sorridente da boneca como uma mulher poderosa e bem sucedida não era vista com bons olhos no país. Algumas versões lançadas como o molde SuperStar em todo mundo tiveram seus moldes alterados exclusivamente para o mercado japonês.

Continue lendo “Barbie pelo mundo: Japão”

Barbie pelo mundo: Filipinas

Este será o primeiro post da série “Barbie pelo mundo“, onde iremos apresentar bonecas feitas exclusivamente para determinados países. Numa época em que a Mattel não padronizava seus lançamentos, muitos países produziam modelos de Barbies totalmente diferentes das vendidas nos Estados Unidos. No Brasil, a empresa Estrela criou diversos modelos exclusivos, porém um país que se destacou no número de lançamentos e variedade de modelos foi a República das Filipinas. Neste arquipélago asiático foram criadas muitas séries consideradas únicas no mundo devido a criatividade de suas bonecas, que em grande parte representam trajes típicos e diversos elementos da cultura de suas ilhas.

Crédito da imagem: Feelin’17/Flickr

Diferente dos demais países onde Barbie foi produzida os exemplares filipinos eram em sua maioria morenas. Edições limitadíssimas em vários casos com tiragens de menos de mil exemplares fizeram com que estas Barbies asiáticas se tornassem peças disputadas por colecionadores, consequentemente atingindo altos valores em sites como eBay e Amazon. A produção das Barbies filipinas ocorreu do final dos anos 1980 até 2003, quando a Mattel passou a distribuir as Barbies comercializadas no país. Confira a seguir algumas destas belezas exóticas que encantam colecionadores e admiradores da Barbie.

Continue lendo “Barbie pelo mundo: Filipinas”