Nova Skipper? | Desabafo

Abri o post com uma pergunta, já que a imagem pode responde-la de certa forma:

Crédito da imagem: divulgação newsletter www.barbiecollector.com/Mattel
Crédito da imagem: divulgação newsletter http://www.barbiecollector.com/Mattel

O Barbie Collector apresentou hoje a “novidade” prevista para ser lançada em agosto: uma versão brunette da Skipper cinquentinha, lançada no início do ano – e que apresentei no último post. Embora não haja informações sobre quantidade, acessórios ou label, é provável que sejam os mesmos

Ela é fofa, assim como a versão loira? Sim, é. Mas confesso que fico desapontada demais com isso. É claro que quem não conseguiu a versão loira pode ter uma outra oportunidade agora, por um preço menor (quando se consegue comprar direto do BC, ou comprar com antecedência de outro modo), mas não é bem novidade. Faz lembrar aquela versão brunette da FAO Schwarzcuja “novidade” ficou só na cor dos cabelos. Compreensível se pensarmos na questão mercadológica, já que esta é uma forma de pegar carona no sucesso da loira, que esgotou rapidamente (ou seja, essa talvez possa ter o mesmo destino). Mas, para mim, mostra uma falta de originalidade sem tamanho.

E pelo preço, que já dá pra imaginar que não será dos melhores, não sei se compensa adquirir. É fofa, mimosa como a anterior, mas… só se fosse por um preço muito inferior, o que provavelmente não acontecerá. E como não pretendo ter versões gêmeas, passo!

Desculpa pelo desabafo, porém confesso que estou cada vez mais desapontada com a não divulgação de protótipos – quando meio mundo já viu indiretamente – e, principalmente, com a falta de qualidade. De grão em grão, a galinha enche o papo (como diz um ditado popular) e com um probleminha aqui, outro acolá, a gente vai desanimando e a paciência vai se esgotando.

Espero que esta Skipper seja tão primorosa em qualidade como a loira, que tirou meu fôlego. Só que a realidade tem sido outra – cansamos de falar sobre isso, aqui, em outros blogs e outros fóruns de discussão – , e já estou acompanhando casos de colecionadores amigos migrando para outros tipos de bonecas, feitas por outros fabricantes.

Deixo um apelo à fabricante: por favor, nós, colecionadores de Barbie, estamos sedentos por novidades – com N maiúsculo -, por qualidade, por bonecas lindas e maravilhosas, primorosas em seus detalhes, que justifiquem seus preços. Barbie, te admiro, mas a situação está complicada! #Prontofalei!

Expus minha opinião aqui, como todos têm o direito de fazer pelos comentários (a favor ou contra). Não estou fazendo campanha contra Barbie, nem a esta ou qualquer outra boneca da marca, longe de mim! Mas também não me contive a ponto de ver tanta coisa estranha ou ruim acontecendo e ficar calada. Já que tenho este canal, o blog, também me vi no direito de utiliza-lo para apelar, argumentar como uma consumidora. Afinal, antes de colecionadores e admiradores de Barbie, somos consumidores e merecemos respeito, sempre.

Ps.: se um dia tiver acontecer de ter um “direito de resposta” (o que duvido, mas nunca se sabe; tive que falar, vai que… né?), para o bem dos consumidores e colecionadores, o espaço também será dado.

Desculpem pelo texto longo. Foi preciso.

Anúncios

30 comentários sobre “Nova Skipper? | Desabafo

  1. Poisé…

    Como conversamos no sábado…

    Tudo começou em 2007 com as cabeças aumentando o tamanho, a queda na qualidade e na variedade das roupas das playlines. Posteriormente nas roupas das collectors também… Os cabelos ensebados de cola, as cabeças com o crânio cheio daquela coisa estranha…
    As collectors sempre com rostos repitidos e temas monótonos… Eu que estou voltando a colecionar depois de 2 anos junto com meu namorado só tenho vontade de comprar coisa antiga, pq o que há de novo… bem não é tão novo e nem tão atrativo assim, infelizmente…

    Atualmente nem articulação nas pernas as playlines tem, todas com um plástico vagabundo e duro… Que aliás está sendo usado também nas collectors…

    Enfim, oremos.. rs

    1. Exato! Engraçado que até me propus, no final/início de ano a falar sobre qualidade entre as Playlines, com o lançamento das Style, mas qualidade parece ter virado algo fora do padrão, ou seja, a exceção. E olha que até entre elas encontramos alguns problemas, fora outros lançamentos da linha Playline como você bem disse (as novas Fashionistas ou seja lá o que for são duras, feitas em um plástico tão ruim, que meu! Saudades daquele vinil usado em décadas anteriores, quando ainda usavam as bendable legs (melhor que esse troço duro atual).
      Mas o que deveríamos ver, principalmente em bonecas de labels altos e, consequentemente mais caras, é qualidade. Não que as Playlines não mereçam. Merecem sim, até porque Playline no Brasil é um preço abusado. Mas entre as colecionáveis, que pagamos preços altíssimos para sermos “agraciados” vez ou outra com excesso de goma na cabeça, cabelos mal cortados, costuras aparentes, velcro, etc, etc. Isso cansa qualquer um.
      Enfim, haja oração mesmo, porque essa brisa de qualidade ocorre com muita escassez. E parece que a criatividade está em escassez também.

  2. Acho que o pior de tudo é não ter ficado claro que os colecionadores teriam a opção morena em um primeiro momento. Afinal, a boneca já era reprodução de outra collector também produzida em comemoração ao aniversário e tenho certeza que vários teriam preferido adquirir algo diferente. Decepcionante!

    1. Verdade. Gostei da loira, confesso, e a morena também é fofa, mas é como você disse: quem tem a versão porcelana e se soubesse que haveria uma versão brunette, poderia ter adquirido esta ao invés da outra, que já veio com um fashion repetido. Ou seja, quem comprou a loira mas prefere a brunette e não pretende comprar, se sente desapontado. E com razão.
      Se tivéssemos a oportunidade de conhecer os lançamentos com antecedência, também prepararíamos nossas expectativas e bolsos com a mesma antecedência. Mas não são todos que possuem esse direito – quem compra o BFC tem certas exclusividades, o que não condeno, já que pagam por isso e possuem o direito a -, mas poderia haver mais organização na divulgação dos lançamentos de um modo geral.
      A Dulcissima, por exemplo, está sendo comercializada por terceiros (eBay e tantos outros lugares; imagens reais pipocam na web). Mas ainda não deu as caras de forma oficial. Como isso acontece? Como é possível?
      Enfim, vale o debate.

  3. Acho muita sacanagem – desculpa o termo, Sam.
    Cada dia mais as bonecas estão sendo desvalorizadas. Além de todos os fatores que empobrecem uma doll, nos quais a mattel é fera em utilizar, quando aparece uma realmente digna, que tds querem,, meio que tem aquela luta pra conseguir a doll, que sempre custa um preço absurdo, vem a fabricante e faz uma boneca igualzinha, exceto pela cor do cabelo? Ah, faça-me o favor!!
    A boneca torna-se ‘fácil’ demais por um preço que deveria ser por exclusividades.
    Tô muito chateada e decepcionada. Não pretendo adquirir pq minha loirinha é suficientemente linda
    Não gostei dessa versão da Skipper.. deveriam ter feito essa morena com uma roupa diferente, ao menos.. aí sim, valeria meu investimento..
    Enfim.. as vezes fico saturada com essas coisas.. Coisa da Mattel.. decepcionante ..

    1. Cada vez menos conseguimos ter certeza de que teremos um produto exclusivo. Com a loira também foi assim, diante de dois possíveis lotes feitos, pelo que percebi à época. Não consigo crer totalmente na tiragem, mas enfim. Isso não muda o que senti por ela, pois assim como vc também gostei. Mas e se eu tivesse visto a Brunette antes tb? Quem sabe tivesse gostado mais? Mas… Agora já foi, porque jamais que pagarei um valor alto em duas bonecas iguais, cuja diferença se limite apenas ao cabelo.
      Sao atitudes assim que vão desagradando o consumidor, pouco a pouco. É chato pra marca, é chato pra quem coleciona e paga uma fortuna pra ter algo que acredite ser inovador, original, com qualidade (quando muitas vezes não é).
      Aí podem dizer: é simples. É só parar de colecionar. Mas ainda bem que dispomos de itens das antigas, muito melhor produzidos, porém mais difíceis de se conseguir.
      Nada está perdido e ainda tenho esperança de não presenciar mais coisas assim. A esperança é a ultima que morre e ainda sou teamBarbie… Rsrsrs
      Bj

  4. Muito legal seu desabafo. Eu até estranhei que é a mesma roupinha. Quase caí dura quando vi o preço da versão anterior. Quem sabe essa se depender do preço valha a pena, eu possa adquirir. Beijos

  5. Olá,eu consigo entender o motivo do desabafo e concordo,acho uma coisa ruim o fato de sair idêntica a outra exceto o cabelo,e sair pouco tempo depois,deviam lançar as duas juntas nos dando a opção de escolha,pior ainda quando pra comprar as dolls aqui no Brasil pagamos muito mais caro,de fato isso prejudica,

  6. Puta falta de respeito com o consumidor um negócio desses. Se virar moda agora, já podemos prever uma nova versão pra todas as bonecas que fizerem sucesso! Vergonha desse Barbiecollector que um dia (a muuuuuuuito tempo atrás) era sinônimo de qualidade e respeito ao consumidor. Sinceramente se soubesse que teria uma versão morena, negra, ruiva, roxa com bolinhas verdes com certeza eu teria preferido esta já que é igual a de 30º aniversário que eu também tenho. Mas com certeza nem a Mattel sabia que lançaria esta versão, já que o negócio hoje é um caça-níqueis e o que faz sucesso eles repetem descaradamente, visto como já fizeram com as Landmark e com a Fao-Schwarz.

      1. Agora é esperar uma versão ruiva e uma negra se essa esgotar rapidinho como a outra!!! Não duvido nada que façam uma palhaçada dessas já que respeito ao consumidor é um conceito desconhecido pelo BC.

  7. Oi Sam, isso realmente é absurdo, já não basta terem lançado uma versão praticamente igual a que comemora os 35 anos (ou 30??) e ainda fazem isso?? Ninguém merece, como uma empresa tão importante e poderosa faz isso com seus consumidores? Não custava nada terem feito uma homenagem moderna, baseada na primeira Skipper, mas com roupas atuais, ficaria interessante, eu acho… Mas a questão é, precisamos ser ouvidos, não dá mais!! Outro tópico importante é a diferença do protótipo e boneca real, em especial nos cabelos, por exemplo você compra uma Barbie de cabelo “cacheado”, e ele vem marcado, enfim, a realidade é essa, estamos pagando mais por menos!!

  8. Samira, você disse tudo com esse desabafo!
    Eu estou muito decepcionado com a falta de qualidade nas dolls, principalmente nas silkstones, que até pouco tempo era meu foco, agora estou pensando em colecionar Model Muse e as vintages, mas dependendo de como for, vou encerrar a coleção!
    A costura torta dos cabelos, a cola, os olhos mal pintados, é impressionante a quantidade de bonecas vesgas que tem por aí, e nenhuma linha escapa!
    Aquela nova que parecia que ia ser linda, um penteado charmoso, a Cupid’s Kisses, o cabelo dela saiu terrível, o rabo de cavalo todo amassado e aquele cacho na frente, todo torto!
    Me sinto tão desrespeitado quando pago por uma boneca que deveria ser perfeita, mas fica longe disso!
    A Mattel tem perdido mercado para marcas concorrentes que prezam a qualidade e a satisfação dos consumidores!
    Eu gostei muito dessa versão morena da Skipper, tomara que a quantidade dela seja maior e mais barata!
    O comentário acima diz tudo “estamos pagando mais por menos”.
    Abs

    1. Alex,
      Barbie está quase igual Kinder Ovo: a sua pode ser a sorteada com um olho vesgo, com cabelo mal cortado, ou qualquer outra surpresa nada agradável. Quem perde com isso? A gente, que primeiro perde em expectativa, aguardando uma boneca linda chegar, e geralmente vem com algum defeito. Ter algum desconto nisso, dinheiro de volta? Hahaha não custa sonhar, né?
      Triste, triste isso.
      Mas eu tenho esperança de ver coisas mudarem. Sempre tenho, sabe? Pode ser bobagem minha. De qualquer forma, concordo contigo: ando não muito satisfeita com as novas Silkies (não teve até agora nenhuma que arrebatou meu coração; estou aguardando a noiva, mas não sei. Não curti essa coleção Itália).
      Por isso ainda há a saída de comprar itens antigos. Nesses ainda se pode confiar de que possivelmente virão lindos, impecáveis. Já os atuais…
      Mas ainda sou fã da Barbie. Mesmo com esses boicotes bobos em forma de economia na produção e outros problemas.
      Bj

  9. Oi Sam! Oi André!

    Desabafe conosco sim, quando quiser! Você lê todo mundo, com tanta paciência, logo, tem seu direito! =)

    Sobre a Skipper,… desculpe mas,… JOGADA DE MARKETING FDP.
    Daqui a pouco lançam a ruiva tb, fazendo jus as Barbies, Skippers, Midges, Kens de antigamente com opções de cor de cabelo.

    A loirinha é linda, mas Skipper pra mim é “morena castanha”… até mesmo pra diferenciar a loirisse da familia Roberts.

    Desapontadíssimo, pelos meus amigos e colegas, por mais que eu não vá compra-la.

    Ou Seja, se você gostar do produto, mas não for da etnia (cabelo e etc) que você quer, ou:

    *Você compra a loira, achando que poderia ter mais opções, mas por não anunciarem você fica com a loira, achando que não teria outra, pois novamente, NÂO ANUNCIARAM. (Só um exemplo!)

    Ou você não compra a loira, esperando a morena sair, mas essa segunda sendo uma incognita.
    Ou você se ferra todo e paga 2x no “mesmo” produto, pagando o dobro, podendo pagar uma vez só se tivesse opção de escolha.
    Ou voc~e se ferra, e não tem nenhuma das duas porque tudo já esgotou e no ebay tá o triplo do preço.

    OPÇÃO “OPCIONAL”: * Ou você paga o quintuplo do preço, ficando com muito ódio e pensando se vai adquirir as dolls assim que anunciarem, e com isso, vai caindo a vontade de comprar e colecionar.

    Mattel! Você não era assim!

    Beijos Sam e André!

    1. Oi Rapha!
      Pior que as opções são bem assim mesmo. Tipo, a loira eu comprei porque não sei se lançarão uma em corpo Silkstone que, confesso, diante de parte da minha coleção ter itens com esse material, eu preferiria. Mas, como a gente não tem noção do que virá no futuro, dai ou se compra com o preço que se tem ou não se compra e se perde a chance. Ou se frustra caso quisesse uma e depois sai a que você queria e dai vc já gastou… O lance deles é vender, sim. Mas com originalidade ao menos.
      Não que eu não curta esse lance de suspense do que virá de novidade. Confesso que até gosto de uma ansiedade boa, na espera por novidades, mas isso dai? Ser anunciado como novidade??? Sendo que já era uma cópia de algo passado? Ah, faz favor, né?
      Como já disseram, teria sido muito mais justo se tivessem dado essa “opção” de cabelos diferentes antes. Assim, comprava-se quem quisesse. Que fizessem em quantidades menores – pra não dar encalhe – mas quem garante que essa não encalhará? Nunca se sabe!
      Nada contra, mas queria algo novo, original (mesmo que fosse “inspirado” em um fashion das antigas, porém que fosse algo aparentemente novo).
      Desapontada. Não só com isso, mas são coisas que vão se acumulando e que enchem o saco depois de certo tempo. Vamos ver até onde isso vai dar. Até o momento, foi a única da nova coleção que cai de amores. E olha que tenho vários itens de uma mesma coleção anual (ou seja, meu ânimo não anda dos melhores com esta coleção).
      Tem itens bonitos, tem. A Linda arrasou com a Oz – tema batido – mas foi criativa. O Bob, por mais carnavalesco, também se saiu bem, sua boneca é charmosa em seu tema fantasia. Até com a Skipper; mas fazerem isso com um item que já não é inteiramente novo? (Repeti-lo pela terceira vez???)
      É o novo maiô zebrado.
      Suspiros.
      Beijo Rapha!

  10. Samira você tem toda razão! Aliás, muito do que você falou está engasgado em vários colecionadores atentos! Até mesmo eu que entrei nesse mundo recentemente percebi isso. A BC está com um descaso total para com os colecionadores…acho que deve ser porque mesmo sendo bom ou ruim, caro ou barato, os colecionadores compram as dolls. Essa Skipper morena como “novidade” é uma verdadeira piada, mas acho ainda pior em algumas outras linhas colecionáveis a falta de frescor e de novidade nas bonecas , que são parecidas umas com as outras e são tratadas como algo inédito, como se fossem “feitas para tapear”, feitas sem esforço, qualidade ou criatividade algum. E é incrível ver exemplares das Barbies originais, de 1959, 60 e etc com cabelos e roupas intactos e hoje comprar uma boneca nova, um mês após o lançamento e recebê-la com o cabelo irreconhecível e roupa desgrenhada.

  11. Minha querida Samira, muito honesto o seu e os demais desabafos! Infelizmente hoje somos vítimas da equação redução de qualidade + preço = lucro. E no mesmo viés, meras marionetes em manobras marketeiras elaboradas e por que não dizer desonestas? Entendo, que toda linha de produtos, mundialmente, não possua historicamente uma perene trajetória, sempre existirão altos e baixos. O consumismo é combustível do capitalismo, e para que essa máquina funcione adequadamente, precisamos compra mais, e para comprarmos mais, os produtos precisam “durar” menos ( aqui em casa usamos até hoje, uma batedeira dos anos 80!!!). As playlines seriam obviamente, a linha que sofreria as consequências dessa tendência. São dedicadas as crianças, que não perscrutam a qualidade de plásticos e tecidos e muito menos incomodam-se – ainda por serem crianças – de subtratir, uma cabeça, ou um braço, aqui e acolá! Quebrou? Ano que vem tem outro filme da Barbie e mais personagens! O que realmente chateia e incomoda é que a Mattel, assim como muitas outras empresas de outros produtos, possuem linhas de produtos exclusivas, para grupos seletos e exigentes. No nosso universo collector, os labels pink, black, gold e platinum, definem o valor por quantidade e não por qualidade, diferente de outras empresas de outros produtos! Se eu produzo SOMENTE 999 bonecas, os meus clientes ao comprar uma delas, terá a certeza de adquirir um exemplar rico, ornado com materias e tecidos de primeira linha. Se eu comprar um carro de luxo, bem limitado, terei bancos de couro, computador de bordo e infinitos acessórios e acabamento de primeiríssima, essa é a lógica. O câncer da má qualidade vem atingindo cada um dos labels ao longo dos anos ( tema bastante debatido) e os prognósticos não são encorajadores. Para você, Sam, a pequena Skipper representou a gota última que transbordou o seu copo e em efeito de reverberação, os outros muitos copos dos que têem o prestígio de te ler. O importante é que continuemos atentos – embora ainda fãs dessa doll maravilhosa – mas nunca impassíveis diante do desprestígio que não PAGAMOS por merecer!!!

    Mais um desabafo, afinal!!
    Estamos com vocês, Sam e André. Beijos!

    1. Oi Gigio!
      Muito legal teu comentário, pois engloba outros setores da nossa vida, nos quais somos, de uma forma ou de outra, massacrados. E hoje é o dia do consumidor no Brasil se não me engano… Rsrs pra rir.
      Infelizmente tudo é descartável, como vc disse. Mas puxa, nós lidamos com algo que tem o objetivo de durar anos, décadas. Já lutamos com questões climáticas, mofo, organização, entre outros obstáculos pelos quais passamos para manter nossas coleções intactas. O que queremos são produtos inovadores, criativos, quem durem e que saciem nossas expectativas. E essa, meu amigo, despencou minha expectativa a um nível negativo.
      Qual o problema de capricharem? De manterem um padrão elevado de qualidade? Gera custos? Claro! Mas essa falta de apuro ou de desejo em conceder bons itens vai ter algum reflexo, por menor que seja para eles.
      Passamos pelos 55 anos e o que tivemos para marcar? Uma boneca simples. Desculpe quem gostou, mas nem dedicada exclusivamente aos 55 anos de existência a IS foi. Foi criada para promover outra marca. Os anos de ouro de Barbie fazem falta num momento desses.
      Obrigada pelo carinho Gigio! E viva os itens duráveis e de qualidade (assim como vc, na casa da minha mãe tem uma televisão que ainda funciona, que minha mãe comprou quando eu tinha cinco anos. É muito boa! Não se faz mais itens assim, definitivamente.)
      Mas ainda levantamos a bandeira e não desistimos de nossa diva de vinil. Que ela supere essa fase.
      Bj

      1. Acho que mudando a cor do fashion e acessórios já seria um diferencial.

        Loira com azul + branco.
        Morena com vermelho + rosinha bebê.
        Ruiva com verdinho limão + bege/amarelinho.

        E por que não uma aa, poderia até deixar como está. Já que teria um grande diferencial… A primeira Skipper vintage negra. (Me corrijam se eu estiver errado..! Conheço a teen Skipper e a Skipper cabeção onde tem versões aa, mas são amigas… Não a própria…)

        Ou, alterar o azul e branco para branco e azul.

        Enfim… Sam e Gigio. Se essa vender bem, uma terceira versão ruiva está por vir. É só esperar.

  12. Em pleno dia do consumidor e você lá feliz ,por que vai se sentir mais valorizado com as inúmeras promoções na net e quando você abri o computador e dar de cara com isso.O que pensar??? Segunda chance ??? Ah por favor Mattel não somos bobos e burros pra cair nessa.Depois do ultimo post sobre a Skipper ,eu que não tinha vontade de comprar a cinquentinha ,mas acabei pegando vontade depois das fotos da Sam,mas mal sabia eu que estaria também comprando uma batalha incansável para encontrar a boneca em algum lugar e ainda por um preço justo.E quando finalmente encontro do de cara com isso.É uma tremenda falta de consideração, com a gente.Se eu soubesse que seria lançada uma versão brunette eu teria esperando por ela e não comprado a loira por que pra mim a Skipper é morena .Mas já que a Mattel está tão preocupada em vender e vender ,a onde está a versão comemorativa, de luxo ,dos 55 anos da Barbie???Ainda estamos esperando.Se puder divulgar atrasado já pode ok??Por que não dar pra engoli a Birthday Wishes e nem a Sports Illustrated como edições especiais de aniversário. Aonde está o glamour ?? Sei não viu Sam ,depois desse presentão para o dia do consumidor eu não espero mais com nada.Você está certíssima em desabafar tem certas coisas que não dar pra aceitar calado.Abraços !!!!

    1. Ai Rodrigo, que coisa, né?
      Olha, espero que haja algo bem bombástico em breve, bem ótimo, criativo, original… rsrs sei não, acho que não, né?
      Não, não vou desanimar ainda totalmente. Tenho esperança… Mas é chato, uma situação bem complicada. Fail!
      Abraços!

    1. Platinum talvez seja mais fácil de verificar, mas Gold? Muito difícil saber se realmente a tiragem é de fato aquela. O jeito é confiar cegamente, mas muito difícil. Já falamos aqui no blog, inclusive, de Pink Label rarissimas. Ou seja, não há como saber exatamente.

  13. Bem, do jeito que andam as coisas nem sei se vale a pena colecionar. Ano passado as The Look custavam 130 reais e agora estão custando 144 reais! e péssimas no quesito criatividade das joias e qualidade dos tecidos, só os rostos são belos e o cabelo principalmente da AA, na minha opinião. Agora isso não acontece só nas Barbie Collector, isso acontece também com outras dolls como as Monster High. Cada vez mais o rosto delas está mudando, parecendo doll falsa e mesmo a cor delas e o cabelo. O cabelo vem cada vez mais duro de gel e os acessórios repetidos e roupas também.

  14. Sam, aproveitando o desabafo de um do Alex, que citou a Cupid Kisses.. estava vendo umas fotos de catálogos antigos que tenho aqui em casa, e reparei que o vestido é praticamente igual a da Cupid.. até o penteado eles fizeram o mesmo. Segue o link das fotos e me diga o que vc acha..rs

    Barbie Lovin you: http://media-cache-ak0.pinimg.com/736x/61/61/ef/6161ef7ad806e3b888c8a8fd39b97056.jpg

    Barbie Cupid’s Kisses: http://farm8.staticflickr.com/7304/12145412536_0e80fb35c0_z.jpg

    Beijo, Sam :*

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s