Barbie #Unapologetic

Atualizado em 19h20 >> Sobre a data no outdoor: o dia 18 de fevereiro marcará o lançamento da parceria entre a marca Barbie/Mattel e a Sports Illustrated, uma das mais importantes revistas norte-americanas sobre esporte e que estampa em sua capa modelos e celebridades conhecidas mundialmente e em trajes de banho. Mais: a boneca estampará um editorial na mesma revista.

Seja na versão impressa e web, além das redes sociais, 22 modelos e celebridades que estrelaram na revista, consideradas “lendas”, marcarão um reencontro para promover a publicação, que completa aniversário este ano. Entre elas a Barbie intitulada Sports Illustrated Barbie Doll, a ser comercializada pela rede de lojas Target por 19,99 dólares. A boneca usa uma releitura do famoso maiô zebrado. A mesma que estampa o outdoor da campanha. O objetivo é não só reforçar a mensagem para as garotas de que tudo é possível, como celebrar a parceria.

Crédito da imagem: via www.adweek.com
Crédito da imagem: via http://www.adweek.com

E o vídeo dos bastidores da campanha:

Voltando à campanha >> Barbie: a boneca mais feminista dos últimos tempos. Essa é uma leitura da mensagem por trás de uma recente campanha intitulada Barbie #Unapologetic (algo como Barbie sem remorso, em tradução livre), feita pela fabricante com o objetivo de renovar a imagem da boneca. Nos últimos anos, cada vez com mais frequência, o brinquedo vem sendo alvo de ativistas feministas, psicólogos e pesquisadores, principalmente com relação a suas pequenas proporções corporais, irreais caso fosse comparada com uma mulher.

O outdoor informa que em pleno inverno Barbie decidiu vestir um maiô. O outdoor faz referência à campanha Barbie #Unapologetic | Crédito da imagem: reprodução twitter.com/Barbie
O outdoor em Nova Iorque informa que em pleno inverno Barbie decidiu trocar as roupas pesadas de frio para vestir uma única peça. A imagem faz referência à campanha Barbie #Unapologetic | Crédito da imagem: reprodução twitter.com/Barbie

Quanto a esta última crítica, recentemente uma designer da Mattel veio a público para tentar esclarecer e colocar um ponto final na história, dizendo que o corpo da boneca não foi criado para ser realista. É da forma como é para facilitar a troca de roupinhas, por parte de quem brinca com Barbie.

Polêmicas à parte, a campanha é mais uma resposta para tentar melhorar a imagem do brinquedo e que trará uma novidade a respeito no dia 18 de fevereiro (vide atualização no início do post). Seja por meio de outdoors ou pela internet e redes sociais, uma série de frases motivacionais foram e são publicadas junto com a imagem da boneca para reforçar que, na verdade, ao longo das últimas cinco décadas, Barbie pregou a mensagem de que é possível ser o que quiser, independente de gênero, cultura ou etnia.

"Seja você, seja ousado, seja sem remorso". | Crédito da imagem: reprodução twitter.com/Barbie
“Seja você, seja ousado, seja sem remorso”. | Crédito da imagem: reprodução twitter.com/Barbie

A campanha surge em um contexto no qual a marca Barbie já não possui a popularidade de antes. Houve uma queda em suas vendas e a concorrência com itens, inclusive feitos pela própria fabricante – como as Monster High – é um fator adicional ao problema.

Se a campanha dará certo ou não, ainda não se sabe. De qualquer forma, esse fato pode ser um bom ponto de partida para um debate: será que Barbie está perdendo tanto prestígio a ponto de não a vermos mais nas prateleiras no futuro, mas sim como um item mais exclusivo, destinado a colecionadores? Ou tudo isso é uma discussão temporária e a boneca continuará sendo a mais popular e amada por uns e, na mesma medida, a mais odiada por outros?

O que você acha?

Com informações dos sites Time e O Globo. Imagens via Barbie/Twitter e Adweek.

***

Observação importante: os créditos das imagens estão na legenda de cada uma; ao clicar, as imagens/links redirecionam para suas páginas de origem. Se você é autor de alguma imagem, por favor, leia nossa página sobre uso de conteúdo.

Anúncios

11 comentários sobre “Barbie #Unapologetic

  1. não creio que ela esteja perdendo prestígio, Barbie é um ícone absoluto e incontestável. A queda nas vendas é culpa da própria fabricante que não inova, a qualidade sempre tá pior. Agora com o lançamento da linha Style parece que as coisas vão tomar um novo rumo. Oremos ?

  2. Samy , acho que o fato de alguns não gostar , ou achar um absurdo as proporções da Barbie , seja um fato isolado , não deveria intervir na fabricação ou mudanças na imagem da boneca para ser aceita por gente idiota e doente , que acha que a Barbie deve ser parecida com alguém e tal , eu por exemplo não compraria uma Barbie gorda , baixa , enfim ,, sem nenhum preconceito mais por se tratar de uma boneca icônica linda do jeito que é ,concordo plenamente com a posição da estilista da Mattel.
    beijo.

  3. Amei muito o post, principalmente porque eu sou pro-feminista e sempre achei a Barbie uma personalidade muito feminista! só o que me incomoda na boneca é que não temos representatividade dos romanis, mas problemas a parte eu sempre achei o universo da Barbie muito feminista, a serie i can be, as bonecas de diversas raças, as mensagens motivadoras dos filmes e principalmente a sua maneira de mostrar as garotas que elas podem mostrar a sua voz, a Barbie é um grande simbolo contra o slut shaming e toda a luta feminista e isso é o que eu mais gosto nela ❤

  4. Desde do seu lançamento na feira de brinquedos de Nova Iorque ,em 1959 até os dias de hoje a Barbie sempre foi o alvo de muitas criticas e polemicas.Naquela época já se questionava se seria bem visto entre as crianças uma boneca adulta e com seios. E de lá pra cá mesmo com todas as criticas e provocações por todos os lados ela conseguiu crescer e se tornar uma referencia e um grande sucesso mundial.Então eu acredito que ela nunca vai sair do mercado .O que pode estar acontecendo é que pela falta de novidades mais atraentes para as crianças e pela onda dos brinquedos mais tecnológicos ela esteja perdendo um pouco do seu espaço.Mas nunca o seu poder por que rainha que é rainha nunca perde a majestade . Eu acredito que ela vai se superar e evoluir como sempre fez e ainda vai continuar cativando ainda muitas gerações pela frente.Agora sobre essa Barbie Sports eu achei ela linda demais !!! Será que seria muita audacioso da minha parte sonhar com ela sendo vendida por aqui ???Abraços 😉

    1. Sobre a venda da boneca, nunca se sabe, Rodrigo! Mas considerado que represente algo próprio de lá e que será vendida em uma rede de lojas de lá, fica mais difícil, mas não impossível, não sei. De qualquer forma, vai que acontece? Rsrs o negócio é vender a boneca.
      Abraços

  5. De fato as monster high têm soterrado a barbie no universo infantil, a cada dia mais e mais crianças tem optado pelas monstrinhas da mattel. Isso é um tanto frustrante. Mas a Barbie será sempre A BARBIE…acredito que ainda teremos uma reviravolta na popularidade de nossa diva. Bjos Sam.

  6. Eu acho que a Barbie vem perdendo popularidade porque as crianças gostam de coisas novas. A Mattel nesses últimos anos não investiu muito na Barbie e isso acredito que foi a causa da queda nas vendas. A Monster High atraiu as crianças justamente porque era algo novo, agora já percebi que a Barbie está voltando a vender novamente. No Natal vi muita Monster High encalhada e Barbie vendendo bem.

  7. Obrigada Marta, Abel, Giovani, Gabe, Rodrigo, Vivi e Natalia pelos comentários. Essa iniciativa tem sido vista por alguns veículos de imprensa como arriscada, uma vez que a revista Sports Illustrated também é, na mesma proporção, criticada por machismo, ao estampar nas capas modelos de biquinis ou seminuas nos editoriais fotográficos dentro da revista. Mas pelo que se entende a proposta da Mattel é justamente ir além disso, mostrando que a mulher tem escolhas e, no caso dessas, elas também optam por uma escolha, de serem ousadas, de se permitirem, independente do que os outros pensem. Talvez por isso o slogan “sem remorso” ou “sem desculpa”.
    Há anos acompanhamos o fato de Barbie ser tomada para bode expiatório, como a exclusiva culpada por uma série de problemas com autoimagem ou aceitação, quando existem diversos outros fatores, incluindo os sociais, familiares, que também são fundamentais na concepção da personalidade e jeito de ser de uma criança, adolescente ou jovem.
    Enfim, acredito que esse debate não se encerrará agora. Mas é interessante notar que a fabricante quis dar uma resposta a isso, informando que, na verdade, Barbie não tem se importado muito porque a carapuça da culpa não lhe cabe.
    Beijo a todos!

  8. Ai gente se poupem! Barbie perdendo a popularidade? Trabalho em uma loja de brinquedos e Barbie é o brinquedo mais vendido em todas as lojas da rede. Quantas modinhas já apareceram e desapareceram e Barbie continuou intacta? Parem de drama.

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s