Qualidade na produção: mudança de perspectiva na linha Playline (?)

Dando uma escapada da pausa entre natal e ano novo, resolvi tratar a respeito de algo que muitos já notaram, ainda que outros discordem, sobre algo de “novo” na linha Playline. Muito já foi discutido aqui no MBD, seja em posts diretos ou nos comentários, sobre a qualidade dos produtos da linha Playline. Em muitos casos, o que se notou – e continua a se notar – nos últimos anos foi a adoção de um material mais barato na produção dos corpos, semelhante a um plástico mais duro. Em algumas exceções, ainda há o recurso das Bendable Legs ou o uso do vinil mais maleável, mole, porém sem a articulação dos corpos, sobretudo entre coleções como as Fashionistas, algo que muito chama a atenção de quem curte brincar com as bonecas, propriamente, trocando poses.

No entanto, com o lançamento das bonecas da coleção Life in The Dreamhouse, notamos uma mudança de “perspectiva” da fabricante que, a partir dessa série, resolveu investir, digamos, em algo com qualidade diferenciada, no que diz respeito aos trajes, ao uso de cores realistas, à manutenção de corpos articulados – perdidos com a nova série Barbie & Friends, que vem aparentemente com poses únicas -, cílios enraizados, além de fashions sobressalentes e outras características que não se via com tanta frequência em bonecas lançadas na linha Playline.

Com as Barbie Style, (Teresa e Barbie em duas edições, além de Raquelle que ainda não apareceu, apesar de já ter imagem promocional divulgada) mais uma vez o que se nota é uma mudança nos critérios de produção das bonecas, novamente com itens que se sobrepõem aos demais lançamentos da linha, seja nas roupas, cílios, etc. E mal a primeira wave foi lançada, inclusive com rápida entrega e comercialização no Brasil (em comparação com outros lançamentos da linha que sequer aparecem no mercado), eis que já surgem na web imagens de possíveis lançamentos de uma segunda wave dessas bonecas. Ou seja, possivelmente isso  pode ser um sinal de que, diante do sucesso das Barbie Glam Luxe Style, haveria, então, uma produção adiantada de uma segunda série em pouco tempo. Eu inclusive comprei uma Teresa da primeira wave das Style, (quedê foco, minha gente!), porque gostei do resultado; achei que a produção se assemelha às LITDH, o que muito me anima porque pode ser, de fato, um indício de que a fabricante está “ouvindo” ou percebendo o apelo do público, principalmente os colecionadores adolescentes, jovens e adultos, que também curtem a linha Playline e não única e exclusivamente os itens colecionáveis (que também são passíveis de problemas com qualidade na produção, como igualmente já discutimos por aqui).

Enfim, sei que ultimamente não apresento por aqui os lançamentos da linha Playline, muito porque notei em posts antigos que as pessoas estavam saturadas e insatisfeitas com a qualidade na produção dos produtos dessa linha. Mas diante dessa possível mudança de “perspectiva” na produção de alguns itens, embora poucos, achei merecido reabrir a discussão a respeito.

É possível notar nessa nova wave que os protótipos estão atraentes, mais até que os demais lançamentos da mesma linha, inclusive com supostos retoques em softwares de edição, como já acontece com itens colecionáveis (basta a gente comparar produto real com protótipo que as diferenças, em alguns casos, são gritantes!).

Será que, de fato, estamos diante de um momento a ser considerado um “divisor de águas” na produção de alguns itens da linha Playline? É claro, se entrarmos na discussão/comparação dos itens lançados antigamente, há muitos anos (oi Fashion Fever, e tantas outras), e que são, em suma, superiores em qualidade, a discussão se encerrará brevemente. Mas acredito ser importante notar que talvez estamos diante de uma luz no túnel (seja no meio ou fim, ou recomeço?), e que, quem sabe, os colecionadores estão sendo “ouvidos”, por mais que para toda regra há exceções e tudo não passe de uma simulação de mudança.

Gostaria de saber o que vocês acham a respeito (e quando falo sobre isso, não me refiro apenas ao que acharam desses possíveis lançamentos, mas na produção dos itens Playline nos últimos tempos). Uma discussão importante, porque sei que muitos preferem colecionar apenas itens Playline, assim como quem gosta só de Collector ou de ambos. E devemos respeitar e crescer com as diferenças, além de, claro, colocar lenha na fogueira dessa discussão que, repito, não é nova, é antiga, mas super importante para ser relembrada.

E então, o que acharam? Há ou não uma mudança?

Ps.: aproveito para desejar mais uma vez um feliz ano novo a todos! Espero que tenhamos muita coisa boa ano que vem, principalmente ótimos lançamentos, seja em qual linha for. Feliz 2014!

Imagens do post: divulgação Mattel via Yasmim Bianchi/Flickr.

***

Observação importante: os créditos das imagens estão na legenda de cada uma; ao clicar, as imagens e/ou links redirecionam para suas páginas de origem. Se você é autor de alguma imagem, por favor, leia nossa página sobre uso de conteúdo.

Anúncios

47 comentários sobre “Qualidade na produção: mudança de perspectiva na linha Playline (?)

  1. Honestamente,

    O que eu acho sobre as playlines é… a Mattel vai continuar com 8 ou 80…

    Ou vocÊ compra uma playline paraplégica por 50 reais, como éo caso das novas fashionistas ou paga 105 reais (ou mais) nas mais bonitas como a Style que acabou de chegar no Brasil…

    Acredito que o motivo seria a fome das crianças por “Monster high” … Aí realmente não tem porque investir em barbie para criança, sendo que estas não querem mais a Barbie…

    Creio que será assim 70% de playline lixo, 10% fashion, lindas (e caras fora dos EUA) , 10% temáticas (praia , profissões …) e os outros 10% vão ser a cota de dolls de filme que todo ano lançam ( e que também são carinhas)…

    Isso enquanto a Barbie realmente não virar somente ítem de colecionador… O que eu também não duvido.

    1. Oi Di!
      É, não da para prevermos o futuro com certeza, até porque Barbie já teve muitos altos e baixos nesses anos todos, mas enfim. Os consumidores sempre esperam melhoras, acabam ficando esperançosos quando aparece algo que nos faz diferenciar, como aconteceu com essas, mas… Se de fato acontecerá isso sempre, ou se os preços irão melhorar, infelizmente a gente não tem como prever. De qualquer modo, sempre ficamos na torcida para que o consumidor saia ganhando e nem sempre é o que acontece.
      Obrigada pelo comentário e bjs.

  2. Estes novos protótipos são mais bonitos que as The Barbie Look, se realmente forem assim confesso que considerarei os mais belos lançamentos playline de muitos anos! Porém uma coisa que me incomoda nas playline é o uso dos moldes de rosto “enlarged”, comparando a Midge lançada este ano com molde Steffie com uma collector como a Tokidoki, nota-se o quanto estas cabeças se tornam desproporcionais. Não acho bonitas estas cabeças usadas na linha playline e sinceramente nem entendo o por quê de seu uso. Se fizessem bonecas com as cabeças no mesmo tamanho das usadas na linha collector, eu já passaria a acha-las melhores.
    Agora em se tratando de preço, acho bem caro cobrarem R$104,99 numa Barbie Style; por mais que seja bonita e bem feita, sempre será playline, e este valor é bem próximo ao cobrado por collectors como The Barbie Look por exemplo então eu ainda prefiro investir somente nas collectors que apesar de um ou outro problema de qualidade, ainda assim decepcionam com menos frequência.
    Só quero deixar claro que é uma opinião meramente pessoal, nada contra quem prefere investir nas playlines. Afinal de contas o + legal do colecionismo é exatamente esta diferenciação entre cada coleção.

    1. É, o maior problema sem dúvida é o preço! Ainda que se note certa qualidade nessas bonecas, é um preço salgado se compararmos com Playline. Mas é como o Di falou: acredito que seja um modo que a fabricante encontrou dela mesma combater uma concorrência interna entre Monster High’s e Barbies. E MH aqui no Brasil tem preços absurdos se comparar aos EUA!
      Minha sobrinha de cinco anos curte mais MH do que Barbie. Apenas para exemplificar: a mãe dela viaja muito para o exterior, e costuma comprar todas as bonecas dela lá. Enquanto determinado modelo mais elaborado de uma MH lançamento custa aqui em torno de 180-199 reais, segundo a mãe dela, ela consegue encontrar nas lojas físicas de lá a mesma boneca por 30 dólares ou menos (quando a loja que vai faz descontos em certas épocas do ano).
      Resumindo onde queria chegar: acredito que assim como tem as MH mais simples e as mais elaboradas, estão tentando fazer o mesmo com as Barbies. Mas pode ou cair a qualidade em virtude do preço, ou a qualidade se manter e o preço elevado idem ou ainda, como o Di citou, Barbie passar a ser direcionada mais para quem de fato coleciona.
      Qual desses futuros acontecerá, sinceramente não dá pra prever (ainda que tenha passado por muitos altos e baixos nessas cinco décadas, Barbie continua sendo comercializada).
      Beijão!

  3. Ahh Meu Deus! Que bonecas lindas, desde que vi a última wave fashionitsas pensei em parar de colecionar playlines, aí surgiram as Dreamhouse, que deram uma pontinha de esperança, mas essas Style, são puro luxo (Aparentemente, ainda não se sabe a qualidade do tecido!), da primeira wave quero a apenas a Raquelle, que infelizmente não apareceu no Brasil e por o visto em lugar nenhum, mal apareceram fotos reais dela, mas desta segunda wave quero Raquelle e Midge, em especial a Midge, por que esta tem olhos normais! Enfim será que está por vir uma melhor realmente significativa?!

    1. Verdade Genésio!
      Sobre a Raquelle, ainda também não vi imagens reais dela. Ate procurei ontem, para ver se encontrava, mas não achei. Caso alguém tenha visto e queira deixar aqui o link, fiquem à vontade para compartilhar a info com todos nós!
      Beijo!

  4. Quando vi as imagens do post minha boca caiu.
    Confesso que sou apaixonadas pelas Fashionistas por causa da articulação, amo tirar fotos das bonecas. Mas, depois de uma coleção, elas passaram a ficar sem graças e a qualidade piorou. Lembro quando comprei a Sassy, da coleção Spotlight das Fashionistas, e o joelho era diferente. Dava um conforto de que aquilo não iria quebrar, e realmente, acho que não há nenhum joelho que nem aquele. Mas infelizmente mais nenhuma boneca continuou.
    Com as Life in the Dreamhouse, acredito que a qualidade melhorou. As roupas ficaram mais modernas, achei simplesmente diferente. É como se as bonecas ficassem mais fotogênicas, e é por isso que a Midge é uma das minhas preferidas.
    Quando vi as Barbie Style nas lojas, me apaixonei pela Teresa. Ainda estou apaixonada, mas estou tentando me controlar e não comprar. Aquele vestido estava tão.. lindo. Se puder e tiver tempo, faça uma análise dela? Obrigado desde já U
    Essas bonecas das fotos pelo post, não sei o que falar. Estou de boca aberta, e quero todas!
    Amei a MIdge logo de cara, mas essa Barbie com essa saia meio cintura alta.. Espero que não sejam R$100 como as Style, mas sejam numa faixa como as Fashionistas.. vai saber, né?
    No fim do post, você falou sobre os colecionadores que alguns só colecionam playlines, outros collectors e outros ambos. Acredito que há um preconceito para alguns sobre os que colecionam as playlines ou focam nelas, e achei legal você falar isso =3
    Bem, feliz ano novo para você também, e um ano incrível! (E desculpe por não comentar tanto, é que eu não tenho muito tempo >< )

    1. Oi Cáah!
      Sobre a Teresa, pode deixar que farei sim review dela em breve, também quero tirá-la da caixa e ver melhor de perto, coisa que não fiz ainda. 🙂
      E sim, citei o fato de quem coleciona apenas Playline porque tenho amigos que se focam quase que exclusivamente nessa linha. Eu mesma, como me autocitei, embora tenha me focado em muitas Collectors, decidi adquirir algumas LITDH e agora a Teresa (e confesso que curti a Raquelle, ainda que ela não tenha sido lançada). Enfim, cada um um tem o foco que desejar e acho importante a gente saber respeitar essa diversidade que, como o André citou acima, é o que deixa a as coleções mais interessantes e divertidas.
      Beijo e apareça sempre quando puder 🙂

  5. Me arrependi de ter escrito tão pouco, vou continuar… A Mattel tá arrasando esse ano, espero que ela não relaxe, como faz na maioria das vezes, porque é sempre assim, lançam uma coleção linda de morrer, basta ganhar nome e eles já decepcionam, sinceramente, essa linha está demais! Tá sambando nas The Barbie Look, sem ofensas, mas sinceramente linha collector era pra ser perfeita, e olha só brincos da plásticos em Barbies collectors? Prefiro ficar com a Playline, pelo menos já estou acostumado a isso!

      1. Ola Barbie!!!!
        Menina quando eu vi fiquei de boca caída por um bom tempo kkkkkkkk pq nossa!!!!! Essas bonecas devem fazer um bom susseso
        Então por gentileza quero muito saber quanto é o preço dessas Barbies

  6. Estou MUITO feliz das novas cores adotadas pela mattel, quando as bratz estavam no auge muitos fãs da barbie passaram a comprar bratz por causa das cores que eram muito mais reais, falando em bratz, acho que você deveria fazer um post falando de toda a briga que a mattel já teve com a MGA(empresa das bratz) apesar de gostar de barbie sempre preferi as bratz, porque as roupas delas parecem mesmo roupas que as adolescentes usariam

    Como você não é muito próximo das bratz imagino que não saiba muito da rivalidade delas com a barbie, então eu vou contar um pouquinho

    As bratz foram criadas por um ex-funcionário da mattel em 2000, ele as-criou para a mattel, mas a empresa não as-quis, então ele se uniu com varios ex-funcionários da mattel e criou sua própria empresa a MGA, em 2001 as bratz já estavam no mercado

    O tempo passava e o publico das bratz crescia cada vez mais, elas bateram as vendas da barbie em vários países e no auge do sucesso a mattel mostrou suas presas, ela processou a MGA, a MGA estava com muito medo de perder, então diminuiu os seus lançamentos, e enquanto as duas empresas não se resolviam com o juri o tribunal fez a MGA cancelar a venda das Bratz em pleno Natal

    Em 2010 a justiça foi feita e as bratz voltaram a serem vendidas, mas o tempo que elas passaram longe das prateleiras foi tempo o suficiente para perder muitos fãs, e apesar delas serem vendidas até hoje nunca conseguiram se recuperar o antigo publico 😦

    Como falei acima sempre gostei muito das Bratz, e fiquei muito triste durante o tempo que elas não foram vendidas, era como se uma parte de mim sumisse, e minha alegria só voltou em 2010, quando elas voltaram a ser vendidas.

    Isso é apenas um pouco do que eu sei sobre as bratz, seria muito legal se você fizesse um post falando de toda essa briga, se quiser mais informações já sabe quem chamar 🙂

    Foi eu quem falou com você no twitter sobre a Teresa, e estou esperando ansiosamente o review dela, rs

    bjs 🙂

    1. Oi Gabe!
      Sim, já tentamos fazer um post a respeito e eu acabei deixando o tema de lado, mas irei pesquisar a respeito e pretendo falar disso um dia. Sugestão de post anotada! Mas obrigada pelo resumo 🙂
      Sobre a Teresa, pode deixar, como tinha dito pra ti antes, apresentarei por aqui em breve, tá?
      Beijo

  7. Eu amei as bonecas demais, ainda sem palavras, é como li uma vez “Quem quer coisa boa, tem de pagar por coisa boa” amo a linha fashion fever (embora a maioria das roupas nem se use mais) essas estão em estilos atuais… caramba, caramba kkkkkkkkk eu esperei por esse dia, tanto, eu coleciono apenas playline, acostumado a comprar apenas o que mais gostava, vejo minha lista de desejo crescer cada dia mais, a boneca sofreu uma crise, e após a crise tem uma “reconciliação” recomendo aos que amam playline como eu que, APROVEITEM hehehe, nunca sabemos o que virá depois!! :3 Samira, amei a postagem, oh, meu coração kkkk me fisgou com essa ❤ afinal, barbie não é APENAS collector, tantas linhas legais que ficam de fora aqui do blog, gosto quando dão atenção e mostram toda a variedade, lembrando que plays são destinadas para as crianças…. agora eu sou uma “criança” realizada…

    1. Oi Viktor!
      Sim, resolvi falar a respeito porque eu mesma notei que acabei deixando o tema de lado, mas como disse no post, é porque geralmente quando escrevia posts sobre Playlines, grande parte dos comentários era negativo sobre elas. Dai passei a interpretar que as pessoas não queriam mais ler diretamente a respeito, por isso resolvi me dedicar a elas em poucas oportunidades (quando comprei alguma e faço review ou uma e outra novidade). Confesso que algumas realmente deixam muito a desejar no quesito qualidade, mas espero que esse cenário ou essa mudança de perspectiva como disse no post, esteja mudando. E de fato, por estas bonecas, as mudanças são gritantes se compararmos com outros modelos na linha Playline, como também ocorre, de certo modo, na linha Collector, quando há as bonecas mais simples e as mais elaboradas.
      Mas tentarei passar mais sobre Playline por aqui tá?
      Beijo e bom findi! E obrigada pelo comentário!

  8. Olá Sam!
    Sinceramente eu amei todas as roupas! As cores, o modelo, a riqueza de detalhes a muito tempo não mais vista em coleções playlines está voltando. Quem ama a linha FF (claro que os mold face desta são inesquecíveis) dá para notar esta fase voltando, mesmo que timidamente. O fator que não atrai o consumidor são os preços, em alguns lugares estão custando 104 reais!! preço de dolls collectors. Fiquei muito interessada nelas, mas tanto o preço como o foco (que é muitoo difícil de eu conseguir manter kkk) me fizeram esperar um pouco, mas não sei por quanto tempo vou aguentar este charme 😀
    Beijos e feliz ano novo para você e para o André!

  9. Boa tarde!
    Antes de mais nada gostaria de deixar registrada a minha admiração e felicidade por ter encontrado esse site!
    Me senti em casa! rs tb sou uma colecionadora, perto de muitos apenas uma iniciante, mas adoro esse universo e a cada dia vou adicionando novos ítens a coleção…
    Eu acabei de receber a coleção LITDH (Sim, entregaram hoje! rs) e fiquei apaixonada. São da linha playline, mas fiquei encantada com os detalhes das roupas, acessórios e os rostinhos expressivos – detalhe maior que me fez querer todas dessa linha.
    Se a Barbie irá se tornar apenas ítem de colecionador ainda não sei, só sei que eu estarei comprando! rs

    Vou sempre passar por aqui agora! 😀

    bjs

  10. Oi Samira post maravilhoso! Adorei fez todos nós refletirmos a respeito. Nenhuma mudança êh 100 por cento positiva ou negativa. Como eu gosto dos Kens eu posso falar a respeito. Eu compro os bonecos que gosto e não achei os novos nem um pouco atrativos. Comprar só pro comprar não faz muito a minha cabeça. Sobre a proposta dos Kens eu achei que perdeu e muito em qualidade beleza e ouso dizer em essência. Bjao Be

    1. Oi Bê!
      Também não entendi o que fizeram com o Ken. Confesso que não gostei do jeito infantil impresso no Ken atual. Confesso que prefiro o boneco antigo, com rosto e visual mais adulto. Enfim, estratégias de marketing que não conseguimos compreender diretamente, mas que são experiências para a fabricante conseguir atingir seus objetivos mercadológicos.
      Adoro te ver por aqui. Beijo grande! 🙂

  11. Oi Sam!
    Se essa for realmente a nova wave dessas barbie style, a mattel está de parabéns!
    Quanto a essa linha que já esta nas lojas, tenho que confessar: me perdi total do foco e comprei as 3! Hahahaha as duas barbies e a teresa, os looks são muito bem feitos! A teresa minha preferida! Até a bolsa que acompanha é um luxo! Já as duas barbies tem bolsas de plástico, porém mais bem acabadas que as fashionistas e as roupas parecem de boa qualidade, exceto pela parte que tem pelo, parece meio frágil… Não sei bem explicar.
    O problema é o preço, bastante salgado perto das fashionistas. Outro porém, os cílios enraizados: uma das barbies veio com os cílios mal colocados… Mas enfim um detalhe né?
    A raquelle realmente não apareceu por aqui ainda… Estou louca atrás dela, se alguém souber quando ela sair me avise!
    As outras fashionistas que chegaram agora já estão nas lojas aqui também. Apesar de uns looks muito mais bonitos, sem o rosa e os glitters de costume não valem a pena. Não tem nenhuma articulação e acredito que as pernas sejam de plástico rígido e não bendable legs. Fora que até os braços já tem poses feitas… O preço: o mesmo das antigas fashionistas! Um absurdo!
    Quanto a discussão das fashionistas… Bem eu não costumo comprar fashionistas, eu até compro algumas para dar articulações as minhas basics eu gosto de tirar fotos com elas e corpos tipo model muse com articulações ( me fugiu o nome agora) são caros aqui, os das fashionistas servem bem pra quebrar o galho.
    Meu foco mesmo as silks que são meio salgadas pra comprar toda hora.
    Eu não acredito que as crianças deixem de comprar a barbie para brincar e isso vire só brincadeira de criança, mas acho que para quem é criança a imaginação funciona tão bem aliada a criatividade que se a barbie usa roupas rosa e cheias de glitter não chega a ser um incomodo ( falo sem generalizar ok? Sei que tem criança que não gosta e preferiria que a barbie fosse mais realista ;)) elas gostam das de praia e das princesas dos filmes eu quando criança gostava muito dessas duas coleções de Playline. Talvez por isso, essas barbies tipo Ltdh ou essas style que vem chegando estejam no nosso foco, com o objetivo de agradar gente grande mesmo!
    Espero que essa proposta perdure e nos tenhamos uma linha que seja uma lembrança das fashion fever com corpos fashionista!
    Bjo Sam e um ótimo ano novo!

    1. Oi Alê!
      Acredito que quanto aos corpos você se referiu aos pivotais (articulados e que raras e esperadas vezes aparecem em colecionáveis e também em raras playlines).
      Sim, provavelmente o objetivo dessa mudança de perspectiva seja atrair os colecionadores, jovens e adultos, que curtem as Playlines. E esperamos que essa mudança não seja repentina, pelo contrário. Mas de um modo geral parece que os zumbis, monstros, cavalos-humanos conquistaram o coração dos pequenos. Quem sabe com essa mudança na qualidade Barbie volte a cativar alguns corações.
      Beijão!

  12. Oi Sam! Na minha opinião a Mattel deve estar tentando investir mais em bonecas para o publico jovem e adulto,porque ultimamente algumas playlines ficam super caras no lançamento e depois de um tempo o preço cai muito,talvez seja por uma tentativa de atrair os colecionadores e provavelmente isso não deve ter dado muito resultado e então tiveram que mudar o foco da produção que antes era baratear os custos e agora por conta da grande concorrência com as monster high,por exemplo,a Barbie tem sido muito desvalorizada pelas crianças que antes a preferiam. Acho que finalmente a Mattel deve ter entendido que o foco de compradores não é só o público infantil,mas também aquelas crianças que hoje são adolecentes e querem formar uma coleção com itens mais trabalhados.

    1. Oi Vivi!
      Concordo e acabei respondendo a Alê com sua temática. Provavelmente o objetivo e agradar os colecionadores maiores, muitos insatisfeitos com a falta de qualidade. Mas ainda vemos itens que vão na contramão dessas mudanças, como a coleção Barbie and Friends, com corpos duros e roupas simplórias.
      De qualquer modo, importante avaliarmos o que se passa no mercado e mostrar que estamos atentos às mudanças, e respondendo, satisfatória ou insatisfatoriamente, às transformações nas bonecas.
      Beijos

  13. Eu costumo comprar apenas collectors, mas de vez em quando aposto numa playline por causa de roupas e acessórios. A série LITDH realmente fez o nível subir: as duas que comprei são quase impecáveis (o “quase” ficou por conta das cabeças muito grandes e com expressões cartunescas, pois prefiro as de rosto mais realista). Só comparando, achei as roupas da Teresa e Raquelle infinitamente melhores que o vestido gala da JLo, que não tem caimento e ainda vem repleto de glitter. As fotos promocionais das Style despertaram meu interesse, mas ainda não vi nenhuma delas ao vivo. Mas só de saber que a bolsa de franjas é REALMENTE de franjas, já me deixou esperançoso numa melhora – que espero se torne regra e atinja também as collectors, pois as imagens reais das novas The Look são beeeem decepcionantes.

  14. Hello from Spain: Happy new year. I am agree with you. The DreamHouse collection and collections in Style are better quality. The outfits are more real and clothing is of better quality and more realistic designs. I really like the new collection of dolls In style. Keep in touch.

  15. Oi Sam! Acredito que a Mattel finalmente começou a ouvir os colecionadores. Desde a linha do LITDH percebo uma melhora não só na qualidade das roupas mas como do plástico usado na boneca. Essa nova wave de bonecas do Barbie Style está realmente impressionante assim como as três que já foram lançadas. Só acho que o preço está salgado demais para essas dolls. Os preços deveriam condizer com a condição do país, desse jeito fica difícil comprarmos essas dolls. A Raquelle dessa nova wave chamou muita a minha atenção, já está na wish list. Bjs e bom final de ano 🙂

  16. Vocês falam de preço, preço, preço…

    Todas as bonecas ao serem lançadas estão sempre com os preços nas alturas…
    As Fashionistas eram 49,90… só que muitas baixaram até chegarem a 29,90.
    Aumentaram para 59,90. E baixam para 39,90…

    As proprias Dreamhouse, 4 meses depois de lançadas, já estavam pela metade do preço e ja vi Dreamhouse a 41 Reais! (Preço tabelado era 89,90! em picos de 109,…a minha Summer foi esse preço!)

    Então galera, onde quero chegar.

    Não sei se as Barbie Look chegariam em lojas no estilo americanas, casa e video e etc. mas se sim, logo logo estarão pela metade do preço.

    E mesmo se não, em Rihappies, Toymanias, e etc. da vida também baixarão de preço.

    Voltando a qualidade, Sam: Ouviram as nossas reclamações! E concordo com o Di, pode ser uma linha alternativa para os que gostam de playline e sejam mais exigentes, isso explica o fato das fashionistas estarem esquisitas, sem articulações e com o rostinho mais infantil e as Style, completamente articuladas, com cilios e etc.

    Boneca para brincar, mas com maior qualidade, e com certeza feita em menor escala.

    RESSALVA: Está faltando a garota AA, pode ser Nikki, Christie ou uma nova amiga.
    Essa nova wave, foram anunciadas 5 dolls e só mostradas 4, espero que a ultima seja uma Nikki reformulada! Inclusive no mold. Molde novo e mais escura iria agradar muito, já que Barbie está mais branca, Teresa mais morena… isso aumenta as chances de Nikki vir negona e com molde novo, consequentemente gerando uma venda maior pras AA já que temos carências de corpos pivotais nas cores escuras.)

  17. UAU! Eu amei esse post, parabéns Sam —- Essa nova coleção veio com tudo e como já te disse, não pensei 2 vezes antes de comprá-las quando vi que estavam a venda por aqui. E não me arrependo, porque elas são incríveis Mal posso esperar até a Raquelle e a 2ª wave serem lançadas porque já quero TODAS rsrs. E concordo com o Raphael sobre a Nikki ser lançada nessa coleção totalmente repaginada. Imagina que linda ela bem escura e com um cabelo bem black e volumoso? O que não é impossível, já que (como foi citado acima) a Barbie veio mais branca, a Teresa mais escura… Nada impede a Nikki vir representando a raça com todo poder, já que a coleção parece ser de fato para nós, consumidores crescidos. Seria um luxo /

  18. Perfeitas,essa coleção esta surpreendente ,eu já não tinha mais esperanças das playlines porque sempre vinham com aqueles vestidinhos mal feitos,parecia que a Mattel não fazia mais questão de qualidade,então já nem estava ligando tanto,mas depois que lançaram as Life In The Dream House aproveitei e comprei todas pois eu vi que elas estava mais detalhadas e bonitas,agora lançaram as Barbie Style quando vi os protótipos na internet quase tive um treco …Hehehe na primeira oportunidade comprei as duas barbies da coleção só falta a Teresa que não comprei porque já tinha esgotado na loja,alem de que a Raquelle não deu as caras então fico no aguardo, Alem disso sou fan corpinhos articulados _ .

  19. Nossa! fazia tempos que não ficava eufórico diante de um protótipo. em relação aos novos lançamentos a coisa esta dividida entre bons e ruins, na minha opinião as Fashionistas nunca, mais nunca mesmo chegaram aos pés das Fashion Fever (e olha que eu adoro as Fashionistas), as Fashion Fever tinham roupas até possiveis de serem usadas por pessoas, já as Fashionistas trouxe um padrão que para mim passa um pouco longe da moda atual (é claro que como tudo elas tiveram lá suas exceções) essas mudanças entre outras como a qualidade do material de fabricação das bonecas e das proprias roupinhas/acessorios para mim foram os motivos da queda do brinquedo entre o publico alvo, crianças gostam de brinquedos que tenham algo a mais do que apenas um rosto fofinhos e roupinhas bunitinhas. as Fashion Fever tinham qualidade que estava extinta entre as playline até chegarem as LTDH e agora as STYLE, é claro que ainda tem coisas há serem mudadas, mas isso creio que ocorrerá com o tempo. até então as BARBIE STYLE são as únicas novidades da linha playline que tem me agradado de fato, as Fashionistas eram boas e agora isso! nos perguntamos o aconteceu com essa coleção Fashionistas 2014, mas fica obvio que o que a fabricante esta fazendo é um teste para ver o que realmente esta fazendo falta entre os consumidores, só tbm não acho certo pagarmos um preço tão elevado por isso, é como se fosse um troco, pedimos brinquedos de qualidade e eles nos dão brinquedos de qualidade com custos mais elevados – enfraquece a amizade – mas espero que seja isso mesmo uma luz no tunio afinal não acho que o fato das crianças hj preferirem bonecas MH seja uma questão de que a Barbie já enjoo e esta velha acho que é esse um problema de falta de designer mais elaborado e materiais mais favoráveis para as bonecas Barbie, até pq ela é A DIVA ela deveria ter a melhor qualidade já que se trata de um brinquedo com tanto prestigio e reconhecimento. espero que a Mattel continue nos escutando pq nada melhor que os proprios consumidores para melhorar uma ou outra coisa na produção das bonecas, e tbm estou na torcida para que a segunda Wave das Style sejam melhores ainda que as primeiras, nesse sentido queria que as Style fossem vírus que contaminassem toda a linha playline. ai chega teclado sai daqui. bjs

  20. Eu gosto muito de playlines e espero realmente que a qualidade possa ser melhorada, pois admito que no último ano eu comprei bem poucas da linha, pela decepção com algumas do ano passado. Mas comprei as da dream house e espero que lancem muitas outras ainda melhores. Admito que acho as cabeças grandes demais e gostaria que fossem mais proporcionais, mas gostei muito das roupinhas. 😀
    (andei desaparecida porque 2013 foi muito atribulado, mas de boas coisas: facul nova, aprovação no mestrado, namorado novo ;), mas agora nas férias vou aproveitar para me atualizar!!)
    Um ano novo cheio de felicidades, Sam!

  21. Obrigada Mieke, Caori, Marta, Rapha, Natalia, Karina, Peon, Victor, Diego, Liziane e todos os outros que comentaram no post e que acabei respondendo anteriormente. Pelo jeito, o post rendeu um bom debate. Como disse e repito, importante para mostrarmos que estamos atentos, observando tudo o que vai ocorrendo no universo Barbístico. Espero que possamos levantar novas discussões tão acaloradas quanto esta 🙂
    Um beijo em cada um e mais uma vez feliz 2014, gente!

  22. Oi Samira, vi três bonecas da primeira linha nas lojas hoje (só não tinham a Raquelle) e achei todas muito bonitas, as roupas muito bem costuradas,nada de rosa enjoativo, e com uma pegada mais “real”. Com as reclamações de colecionadores de várias partes do globo creio que a empresa está mais atenta aos itens que nós queremos, e não ao que é mais viável para eles. Mas não há dúvidas de que os preços irão aumentar cada vez mais. Beijos.

  23. Fofíssimas as bonecas, mas sinceramente, 105 reais numa boneca playline é um roubo. Mas talvez o preço abaixe com o passar do tempo, como foi citado acima. Quanto a hipótese da Barbie virar um item exclusivamente para colecionadores, seria uma pena, pois as crianças do futuro jamais vão saber que, para que as Monster High, Bratz, Blythe e outras bonecas que estão bombando no momento chegassem às prateleiras, Ruth Handler teve que trabalhar duro para construir a boneca que deu origem às atuais. muito abraços, Enrico.

  24. Nao compro mais bonecas playline por causa disso!
    Acho um absurdo e uma total falta de consideraçao com os admiradores da boneca barbie uma gigante como a mattel usar cada vez mais materiais de má qualidade não so nos corpos como na maquiagem das bonecas q começa a descascar dentro de meses,sem falar que de uns anos pra cá os rostos que antes eram lindo e delicados e tinha de todos os tipos agora tem rostos mais grosseiros ,muito carregados,tbm nao se ve mais a diversidade entre negras,loiras,ruivas,morenas,e com isso a diversidade de rostos como o midge(comum na epoca em barbies ruivas),teresa,stiffie dentre outros… padronizou-se o rosto da barbie e pronto.
    Mil vezes as barbies antigas!

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s