Pink Label, mas com esse preço?

Algumas bonecas classificadas como Pink Label, categoria que não tem uma quantidade definida de produção divulgada pela Mattel e que deveria ter uma quantia maior que as Silver Label (até 50 mil bonecas produzidas), acabam ficando raras e, consequentemente, caríssimas com o passar dos anos. Algumas atingem valores tão exorbitantes que muitos colecionadores duvidam que realmente tiveram grande quantidade produzida. Em alguns casos nem em sites de leilões estas bonecas aparecem com regularidade e há casos em que estas Pink’s atingem valores até maiores que algumas edições classificadas como Platinum Label (cuja tiragem é inferior a mil unidades produzidas).

Veja abaixo alguns exemplos de Pink Labels cujos valores atualmente se encontram muito acima dos que foram vendidos originalmente.

2007 Angel Barbie: Apesar da classificação Pink Label, este belo anjo assinado por Bill Greening costuma ser uma raridade nos sites de leilão; nas poucas vezes em que é vista, geralmente atinge valores superiores a 200 dólares.

Crédito da imagem: liga_n29/Flickr
Crédito da imagem: liga_n29/Flickr

Dallas Cowboys Cheerleaders Barbie: Lançada em 2007, esta Barbie foi lançada nas versões caucasiana, latina e afro-americana. A versão afro, a mais rara entre elas, dificilmente aparece em sites de leilões e quando aparece é com valores muito acima dos cobrados pelas outras versões. Caucasiana e latina costumam custar entre 40 a 100 dólares, enquanto a negra sempre aparece por valores bem superiores.

Crédito da imagem: Cindy Mendoza - BarBGal/Flickr
Crédito da imagem: Cindy Mendoza – BarBGal/Flickr

Aka Centennial Barbie: Lançada em 2008 é sem dúvida a Pink Label que teve maior valorização comparando seu preço original (49,95 dólares). Os valores cobrados por ela em sites internacionais são entre 500 e 600 dólares!!!! Convenhamos que de Pink Label ela só tem a classificação, pois o “carão” de rica, joias, sapatos super bem produzidos e caixa cheia de detalhes tornam esta Barbie digna de figurar entre as Gold Labels mais caprichadas!

Crédito das imagens: Igor | modelmusebarbie.com

2008 Angel Barbie: Este belo anjo assinado por Linda Kiaw aparece em sites internacionais por valores entre 200 a 500 dólares. Curiosamente no BC não consta o valor que ela foi vendida. Será exclusiva de alguma loja?

Crédito da imagem: seller brioo5/eBay
Crédito da imagem: seller brioo5/eBay

Hello Kitty Barbie (2008): Vendida no BC originalmente por 39,95 dólares; a Barbie inspirada na popular gatinha japonesa teve seu preço diminuído para apenas 16 dólares. Porém hoje, para adquiri-la, é preciso desembolsar valores entre 100 e 300 dólares!

Crédito da imagem: seller angelsfromabove05/eBay
Crédito da imagem: seller angelsfromabove05/eBay

Alvin Ailey American Dance Theater Barbie: Também lançada em 2008, esta Barbie é considerada uma das mais belas negras já lançadas. Vendida por 39,95 dólares e rapidamente esgotada no BC, atualmente atinge valores que variam entre 150 e 200 dólares.

Crédito da imagem: Kurt - DivaLuvv/Flickr
Crédito da imagem: Kurt – DivaLuvv/Flickr

Wonder Woman Barbie: Mais uma Pink Label lançada em 2008 (que ano para valorizar bonecas, hein?); esta versão da super-heroína mais popular das histórias em quadrinhos foi assinada por Bill Greening e vendida por 40 dólares. Foi a primeira da sua coleção a esgotar no site (as outras personagens lançadas foram Supergirl, Batgirl e Black Canary) e hoje esta “maravilhosa” Barbie atinge valores entre 170 a 250 dólares.

Crédito da imagem: Kakyo Belmont - fleur.de.cerisier/Flickr
Crédito da imagem: Kakyo Belmont – fleur.de.cerisier/Flickr

Joan Jett: Integrante da coleção lançada em 2009 que celebrava as cantoras que brilharam nos anos 80, Joan Jett nem era a mais famosa delas. A boneca teve venda iniciada em 34,95 dólares, caindo após algum tempo para apenas 15 dólares. Porém hoje em dia adicionar uma Joan Jett à coleção significa desembolsar um valor entre 99 a 130 dólares. Alguns acreditam que parte do valor é atribuída uso do head mold MOTM, pouco usado e, na maioria das vezes, em Barbies de edições Gold Label.

Crédito da imagem: badlands65/Flickr
Crédito da imagem: badlands65/Flickr

Barbie ♥ Jonathan Adler: 2009, o ano do cinquentenário de Barbie trouxe bonecas incríveis, talvez por este motivo muitos nem prestaram muita atenção na boneca assinada pelo decorador e design de objetos Jonathan Adler; até por se tratar de mais uma loira com head mold Mackie, vestida em preto e branco e com sapatos e maquiagem cor de rosa (convenhamos que é um visual super comum entre tantas Collectors). Em consequência disso, o preço original, que era de 49,95 dólares, despencou para 20! Porém hoje em dia ela é rara em sites de leilões e quando aparece tem valores beirando os 100 dólares.

Crédito da imagem: Tom ✿ ☆Trickles☆/Flickr
Crédito da imagem: Tom ✿ ☆Trickles☆/Flickr

Captain Jack Sparrow: Lançamento bem recente (2011), o personagem principal da série Piratas do Caribe, vendido originalmente a 34,95 dólares, hoje dificilmente aparece em sites por menos que 120 dólares.

Crédito da imagem: k v - kostis1667/Flickr
Crédito da imagem: k v – kostis1667/Flickr

As bonecas apresentadas no post, são só um exemplo geral de que mesmo bonecas lançadas em selos cujas edições não são limitadas podem atingir valores semelhantes ao de bonecas muito valorizadas cujos valores já são altos mesmo no lançamento. Claro que existem tantas outras cujos valores dispararam pouco tempo após o lançamento, então se você conhece outras bonecas Pink Label cujo valor hoje em dia é elevado, comente conosco!

E podemos até discutir se realmente os valores são elevados por conta da grande aceitação do consumidor que fez esgotar os estoques ou se a falta de informação de quantidade por parte do fabricante pode na verdade encobrir que nem todas as bonecas classificadas como Pink Label realmente tem grandes tiragens.

Os valores foram pesquisados em sites como eBay, Amazon e Mercado Livre; porém como o mercado é instável, é possível que alguns preços apresentados no post possam ser maiores ou menores na data da publicação.

***

Observação importante: os créditos das imagens estão na legenda de cada uma; ao clicar, as imagens/links redirecionam para suas páginas de origem. Se você é autor de alguma imagem, por favor, leia nossa página sobre uso de conteúdo.

Anúncios

18 comentários sobre “Pink Label, mas com esse preço?

  1. Hello from Spain: in my country some Barbie collections are always very expensive because Mattel sells little in Spain. There are barbies that very difficult to get. I would not pay that much money for a doll. Keep in touch

  2. André, outra pink digna de nota nesta categoria é a belíssima Kentucky Derby, que estreou no site official por U$ 43,00 e hoje dificilmente se encontra por menos de U$ 120,00!

    1. Obrigado por lembrar da Derby, Gigio. Porém se colocássemos muitos exemplos o post ficaria muito longo e cansativo já que existem diversos casos semelhantes; então acabamos priorizando algumas bonecas, preferencialmente cujas imagens não aparecçam com frequência no blog. Abçs.

  3. São ótimos exemplos dados André, mas alguns deles permaneceram por valores razoáveis por um bom tempo, tendo sido valorizados recentemente, como a Dallas Cowboys negra, Hello Kitty, Joan Jett e Jonathan Adler. Tive chances de comprá-las por uma média de preço de U$39, mas acabei optando por outras bonecas. Também não sei o que acontece com o valor disparar em tão pouco tempo. A AKA de todos os exemplos dados talvez seja o mais estranho, pois coleciono desde 2008, ano do lançamento da boneca, e já naquele ano a boneca era incrivelmente cara, na faixa dos U$250. Hoje a média dela é U$400!!! É tipo um caso de Tokidoki, que esgota muito rápido e super valorizam a boneca depois. De outras etiquetas também tem acontecido isso: Hersheys Barbie (2009), Model No. 02 col. 001 Basics (molde Lara), Model No. 03 col. red 01 Basics (molde Steffie), são apenas alguns exemplos. O valor que as bonecas vão atingir é um mistério, só o tempo pra dizer.

    1. Sempre me perguntei isso amigo!!! A extinção total de uma categoria é algo muito estranho. Alguns dizem que as Silver foram substituídas pelas Black, porém nessas últimas assim como as Pink Label não são informadas quantidades produzidas enquanto as Silver sempre foi dito que eram até 50.000 unidades distribuídas em todo mundo. Apesar desta quantidade ser grande algumas são bem raras de se encontrar como a Titania, o casal Perfect Pair ou a Birthday Wishes negra de 2004. Por conta destes exemplos que não creio que (ao menos os exemplos que citei e alguns outros) nunca foram produzidos em grande quantidade. No caso das Basics que vc citou, ao menos a coleção Red é compreensível entender já que são exclusivas da Target; porém as linhas de venda normal em várias lojas (inclusive no Brasil) realmente são um mistério pois apesar de alguns modelos terem feito mais sucesso que outros ainda assim é estranho que fiquem tão escassas.

      1. Toda vez que falam SILVER LABEL só me vem a imagem da belíssima Titania. Cada vez mais rara e mais cara! Eu não sei se todos aqui são da época da Sil, uma das primeiras pessoas a vender Barbie em grande escala no Brasil, lá pelos idos de 2003/2004 e nessa época já se tinha dificuldade em achar alguns itens do selo SILVER, entre elas a já citada Titania, que é de 2004. Realmente essa questão da tiragem é sempre um mistério.

  4. Acho triste já que uma parcela dessas bonecas está na minha wishlist. A AKA é lindíssima, eu procuro por uma doll negra mas com o preço mais razoável já que essa é muito cara. A Alazne vale a pena? . De qualquer modo, agradeço o post já que através dele descobri algumas dolls que nem sabia que eram tão caras.

    1. Natalia, vou tomar a dianteira e responder como um “feliz” dono de uma Alazne: depende. Um dado que acho importante, e que não consta no site, é que ela não possui cabelo! Esse foi o ponto mais decepcionante, principalmente pq ela também tem um furo no topo da cabeça, onde fica encaixado o “chapéu” (que, como se não bastasse, ainda vem colado). Por outro lado, o vestido é perfeito e a doll é belíssima no que diz respeito à maquiagem. Enfim, depende da sua relação com a boneca enquanto colecionadora: se vc gosta de manter na caixa, aposte; se não, veja se vale a pena ter uma doll careca e com um buraco na cabeça.

      1. Oi Natalia e Mieke!
        No Flickr do Mieke (clique no nome dele) tem fotos da boneca (além de outras fotos lindíssimas por sinal), para você entender como é a cabeça dela, como ele lhe informou.
        Para você que deseja a boneca, nada melhor do que ver imagens de quem tem (no caso o Mieke) =D
        Obrigada por ajudar Mieke!
        Beijo aos dois!

      2. Muito obrigada por responderem 🙂 . Vi as fotos, é uma pena não ter cabelo 😦 . Mas achei ela linda mesmo assim, e como deixo minhas dolls na caixa então acho que vale a pena comprá-la. Já está na minha wishlist. Bjs

    1. Verdade Abel, a Elina do filme Mermaidia mesmo raramente é encontrada por menos de 100 dólares no Ebay; o que convenhamos é bem caro já que várias Gold Labels custam este valor no BC.

  5. André, um dos acontecimentos que podemos presenciar é a super valorização da linha Basics, principalmente a do little black dress nos facemolds como Lara e Lea, cada dia é mais difícil de achar, e se achar , pode chegar a preços exorbitantes.
    Acredito que isso aconteça por alguma boneca ter um facemold novo, ou por ter uma releitura diferente, desejada e atraente aos colecionadores.
    Muitas vezes os detalhes das bonecas se casam tão bem, como todo o look “delicado” da Barbie Hello Kitty, com o rosto “redondo”, maquiagem “soft”, tudo fica muito harmônico.
    E isso acarreta numa maior procura, tornando-a mais rara, dando oportunidade aos vendedores oferecerem por um valor muitíssimo maior do que ela realmente valeria.
    🙂
    Bzo

  6. Excelente post! Muitas vezes eu rejeito essa supervalorização, como no caso da Basics 2.5 Glimmer/Louboutin, que eu acho linda mas sei que não vale o preço exorbitante que cobram. E digo isso pq ela tem uma qualidade péssima, a roupa causa manchas, o corpo é um híbrido tosco com braços de fashionistas e a cabeça vem dura de cola. Por outro lado, tem as Nikkis da coleção Top Model, que nem Label têm, mas que atingem valores absurdos (especialmente a versão Hair Wear), e a qualidade é mais que comprovada.

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s