Outros colecionadores: Alessandra Reimann | Rio Grande do Sul

A exemplo da última colecionadora apresentada nesta seção, esta que apresento a vocês hoje também se chama Alessandra e também é do Rio Grande do Sul. Diferente da sua xará, a engenheira civil Alessandra Reimann, ou Alê como já comentou algumas vezes aqui no MBD, tem em sua coleção itens guardados com muito carinho desde sua infância, além de outros mimos adquiridos ao longo do tempo. Está a fim de conhecê-la melhor? Então, acompanhe!

Alguns itens que Alê mantem nas caixas originais | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal

Aos 24 anos Alessandra já possui em sua coleção cerca de 250 bonecas, algumas delas guardadas desde sua infância, quando começou a colecionar. “Ao contrário das super histórias que a gente vê no blog, eu coleciono desde pequena. Sempre cuidei muito das bonecas e dos acessórios, móveizinhos, etc. Inclusive ficava brava quando minha mãe chamava meus vizinhos pra brincarem comigo, e eles eram descuidados, subiam na minha Ferrari! Ou mordiam o pé da Barbie! Aos 10 anos mais ou menos me dei conta que tinha muitas bonecas, Talvez umas 100. Foi quando decidi que era pra valer!”, relembra ela que, assim como muitos de nós, acabou deixando as bonecas de lado durante a adolescência.

“Na adolescência a coleção ficou parada, guardei as casinhas e desmontei todo o meu cantinho Barbístico. Quando cheguei a faculdade, passeando pela internet descobri sites de colecionadores. Isso despertou minha paixão novamente! Li todos os posts do bonecas e bonecas da Dalete, que infelizmente ficou meio para esquecido. E do mesmo jeito descobri o MBD“, conta.

Alguns itens fora da caixa | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal
Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal

A primeira Barbie de Alessandra foi uma da coleção Família Coração, produzida pela Estrela, quando a empresa brasileira ainda produzia Barbie no Brasil. “Ganhei ela, o ‘Bob‘ e um conjuntinho do quarto das crianças. Isso devia ter uns três ou quatro anos. Foi a boneca com a qual eu mais brinquei! Frequentou muito as piscinas do clube! Ela ainda está comigo até hoje, com a cabeça colada, o cabelo embaraçado, algum histórico de hospitais de bonecas e o vinil do corpo praticamente se desfazendo! Mas não tenho como mudá-la. Ela faz parte da minha história”, enfatiza. A colecionadora também relembra a primeira Collector adquirida: “Minha primeira Collector foi a Water Lily! Eu lembro que a encontrei no supermercado! Era realmente cara para época, mas eu insisti tanto que minha mãe cedeu. Ela é realmente linda!”

Me lembro de um Natal que minha mãe escondeu as Barbies dentro da máquina de lavar! Me senti realizada.”

E, como é comum para qualquer colecionador que se preze, Alessandra também já cometeu algumas loucuras pelo hobby. “Quando eu era pequena tinha uma verdadeira fixação pelas Barbies, gostava de ganhar quantas mais eu pudesse e móveis e acessórios para completar a casinha, e esse era um sacrifício que meus pais faziam. Me lembro de um Natal que minha mãe escondeu as Barbies dentro da máquina de lavar! Me senti realizada. Com o tempo eu consegui convencer uma de minhas melhores amigas a colecionar comigo, e me lembro de tardes em que nós saíamos sem rumo pelos shoppings e supermercados em busca de novas bonecas! Nessa época as redes de supermercados vendiam até Collectors. Compramos uma bailarina Nutcracker e a Barbie esquimó! Uma vez convencemos o pai dela a revirar a cidade atras da Barbie piloto. E nós víamos em outdoors propagandas de companhias de aviação e dizíamos que estávamos mais próximas, que era um sinal! No final das contas ficamos super frustadas porque não achamos. No Natal daquele ano, ganhei minha Barbie piloto. Até hoje não sei como minha mãe conseguiu”, recorda a engenheira, que economiza para adquirir suas bonecas. “Hoje eu tenho é que economizar mesmo pra comprar as dolls. As vezes eu gasto um pouco a mais em um mês, sei que tenho que maneirar no próximo. Mas as vezes as oportunidades aparecem! Não dá pra deixar passar né?”, afirma.

Primeira Barbie de Alessandra, e o Bob, ambos da Família Coração, produzida pela Estrela quando a empresa detinha os direitos de produção da Barbie no Brasil | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal
Entre as várias bonecas está a Barbie piloto (no alto, de quepe e roupa mais escura) | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal
Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal

Apesar de ser apoiada no hobby, ainda há quem ache estranho a mania de colecionar Barbies, mesmo adulta. “Quando eu era pequena as pessoas se assustavam com a quantidade de bonecas que eu tinha, porque eram muitas. Hoje as pessoas se assustam pelo fato da minha idade e o quanto eu gasto com as bonecas, que na verdade nem é tanto assim, mas pra qualquer pessoa que eu conte já é absurdo pagar 20 reais numa boneca… imagina 200. Minha mãe me apoia e meu pai faz cara feia, mas quando eu chego com uma boneca nova ele quer ver e acha bonita hehehe. Meu namorado acha meio absurdo, mas já está se acostumando com a ideia de que não adianta ficar contra. O resto das pessoas da minha família é meio dividido, uns acham normal, apoiam e até me presenteiam, outros acham tudo isso uma loucura da minha cabeça. Mas eu já não ligo mais para o que as pessoas dizem… o importante é eu me sentir feliz assim”, opina.

Alessandra segue alguns rituais para manter e expor suas bonecas. “Lá em casa as bonecas já tiveram dispostas de varias formas. Recentemente eu comprei dois armários: em um estão as bonecas fora das caixas, e no outro as NRFB inclusive embaladas com papel celofane ou aquele filme plástico muito usado na cozinha. Isso conserva as caixas! A limpeza é periódica, mas as vezes requer uma lavagem geral (o pó é um inimigo que nem sempre dá pra evitar). O problema da lavagem está em que algumas roupinhas não foram feitas para serem lavadas!”, explica.

Na segunda prateleira, terceira caixa da esq. para a direita está a Water Lily, sua primeira Collector | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal
Algumas DOTW | Crédito da imagem: Alessandra Reimann/Flickr – Acervo pessoal

A colecionadora aproveita para deixar uma mensagem aos demais colecionadores e para aqueles que sentem uma pontinha de vontade em iniciar sua própria coleção: “Pra quem ainda não começou, mas fica sempre de olho no MBD hehehe acho que tem de se encorajar e dar o start! Compre sua primeira boneca, aquela que você acha mais bonita, não tem que diferenciar se é colecionável ou Playline, o importante é você gostar! As melhores e mais bonitas coleções são sempre feitas das coisas que nos deixam alegres. Não precisa ficar na obrigação de comprar aquela que você acha feia para ‘completar a coleção’ ou de manter todas elas nas caixas se você gosta mesmo é de brincar! Quantidade também não deve ser o foco! Com o tempo é natural que a gente vá selecionando, mas no fundo o importante é se divertir!”, finaliza.

Obrigada Alê por ter me concedido a oportunidade de te conhecer mais um pouco e também apresentar sua coleção aos demais leitores e colecionadores do MBD. Para quem quiser ver mais fotos da coleção da Alessandra, acesse o Flickr dela. E vocês, curtiram a coleção da Alê? Deixe seu comentário! 😉

Anúncios

42 comentários sobre “Outros colecionadores: Alessandra Reimann | Rio Grande do Sul

  1. que linda essa coleçao!!! sobre a loucura pelas barbie tbm ja cometi de ir de bicicleta ate a cidade vizinha para compra um fashionista(essa loucura foi hoje) no caminho o pneu furou e eu voltei a pe! mas sua colecao e linda e sigo o mesmo conselho que ela deu:eu nao tenho que me preocupar com foco ,mas compra as que eu gosto ,desse jeito elas tornam especiais pra mim , tenho certeza que quando chegar a idade adulta terei todas guardadas ! amei e vou seguir exemplo

    1. Oi Pedro!
      Que loucura hein? Espero que tenha conseguido sua fashionista!
      Obrigada pelo elogio! Cuido delas com muito carinho!
      E com certeza se guardares terás uma bela lembrança da sua infância, assim como eu.
      Bjs

  2. Conversa de xarás… hehehehe…. mas eu sou O ALê… que legal, mais uma fã de DOTW. Sabem eu aderi a embalar as dolls com celofane, realmente protege bem mais as caixas e, confesso, tenho um apreço especial por elas.

    Alessandra, adorei tua coleção e a disposção das dolls. Parabéns! Ah, e adoraria que tu participasse em nossos encontros aqui em Porto Alegre. Se quiseres, fale com a Sami que ela te dá nosso contato!

    Sami, obrigado pela oportunidade de cnhecermos +1 colecionadora. Bjão

    1. Oi Alê Campos, tudo bem?
      Também sou de Porto Alegre e publiquei aqui no blog.
      Fale-me mais sobre estes encontros de colecionadores aqui na cidade.
      Aguardo…bjo!

    2. Oi O Alê! Hehehe
      Sim, as DOTW são um foco da minha coleção! Também adoro a sua coleção!
      O celofane realmente protege bem as dolls.
      Quanto aos encontros, claro que quero saber mais! Me manda por mensagem no facebook, já somos amigos lembra? Hahaha
      Bojos

  3. Linda coleção. Parabéns, Alessandra! Nossa, vc citou o blog bonecos e bonecas da Dalete, eu tb adorava, lembro-me dos adoráveis dioramas que ela montava, pena mesmo que ficou esquecido! Mas não tem problema, temos o MyBarbieDoll agora! Ontem foi um dia memorável na vida de um colecionador de Barbie, tirei a minha primeira boneca da caixa, ou melhor, um giftset. O Royal Wedding e deixe-me dizer uma coisa, acho que será o único! Nossa, como foi difícil. Parece que agora tenho uma girafa no quarto, eheheheh, em compensação o vestido da noiva é um arraso!

    1. Oi JJD!
      Nossa imagino o sufoco de tirar as dolls das caixas. Não faço muito, mas é meu momento favorito!
      Quanto aos Bonecas e Bonecas, infelizmente foi uma perda, mas em compensação estamos aqui cheios de amigos agora não é?
      Bjs

  4. Super bacana a coleção da Alê!!! E o espírito de colecionador, na minha opinião, é esse aí!!! Valeu Alê, me identifiquei de montão contigo! E parabéns mais uma vez né Sam! Fica até repetitivo falar que seu blog é o máximo (risos). Bjos!

  5. Coleção MAGNÍFICA!!!! e ela parece super legal!! muito bom, mega concordo com as considerações finais dela, penso igualzinho, ainda quero aparecer aqui viu Samira?

  6. Que história linda! A Water Lily foi a primeira colecionável que me chamou a atenção, vi num catálogo uma vez. Acho que é de 1997. Mas eu nunca via essas dolls nas lojas, minha mãe nunca me levava nas lojas de brinquedo… quando eu queria algo específico, era pq vi a propaganda na tv.

    1. Oi lolo!
      A história é de uma infância preenchida pela barbie!
      A Water Lily continua sendo minha barbie favorita, Pesar das muitas outras que vieram depois!
      Tenho tirado umas duvidas sobre kanekalon contigo no teu blog! Também gosto muito dos teus reroots!
      Também nao freqüentava muito as lojas de brinquedos, mas a Water lily foi no supermercado que encontrei! Imagina!
      Obrigada!
      Bjs

  7. Linda coleção, parabéns Alessandra, eu tenho quase 12 anos, faço aniversário em janeiro, e claro tudo que quero é ganhar uma Barbie.
    Coleciono Barbies também e tenho a primeira Barbie que ganhei aos 6 anos de idade, minha mãe me apoia, meu pai fala que é besteira, mas assim como o seu, sempre quer ver quando chega uma boneca nova, além de mostrar a minha coleção para as pessoas que chegam em casa, espero ter 20, 30, 40 anos e continuar amando e colecionando Barbies e ter uma coleção tão linda quanto a sua e de todos os colecionadores que passaram por aqui, beijos Alessandra, bjs Sam e André.

    1. Oi Nathalia!
      Na sua idade eu brincava muito de bonecas, na verdade eu brinco até hoje de boneca nao é?
      E se quiseres, terás suas barbies até seu 20, 30 ou 40 anos. E com certeza será bem mais bonita que a minha, pois será a tua coleção!
      Beijo

  8. Hello from Spain: Alessandra has a gorgeous collection of Barbies. I see that she keeps some of her Barbies in boxes … I agree with her because in adolescence we left dolls … I hope your boyfriend understands your hobby with dolls. We keep in touch.

  9. Amei a história da minha xará e conterrânea! As gaúchas amam Barbies de verdade! Realmente uma bela coleção, tanto pela variedade das bonecas quanto pela organização! Parabéns, Alê…és sem dúvida uma pessoa muito especial e querida com certeza! Beijos!

  10. Oi, Eu estou tentando personalizar uma boneca que adquiri para um projeto especial, mas não estou conseguindo achar roupas e acessórios legais. Então lembrei do seu site, o melhor sobre Barbie . Você não saberia me indicar um lugar onde consigo comprar na internet roupas de Barbie como jeans, jaquetas, camisetas…peças comuns de roupas de boneca?

    Meu projeto é um sorteio de uma Barbie personalizada como a personagem do livro que estou lançando agora em dezembro, e quero sortear um livro + a Barbie personalizada como a personagem central. Tenho a Barbie Fashionista Raquelle mas não acho roupas apropriadas.
    lizianesilva@hotmail.com

  11. Fica aqui meu muito obrigada Samira!
    Pela dedicação com o blog e com nos, colecionadores.
    Por nos fornecer esse espaço para nos conhecermos e dividirmos nossas opiniões!
    Adorei a entrevista!
    Beijos!

  12. Que fofinha sua coleção Alê, super organizadinha, um ambiente clean! Adorei! =)

    E para o tempo, a sua Barbie Familia Coração está conservadíssima! Nem parece que a cabeça está colada!

    E amei o seu conselho, realmente o que importa é que a gente se sente feliz! Um grande beijo!

  13. Parabéns, Alê, que coleção maravilhosa! Sentia muita falta de ver colecionadores com barbies dos anos 90, a década da minha infância. Vejo que tem a Blossom Beauty, a barbie da “minha infância querida que os anos não trazem mais!” Eu, quando bem nova, destruía um pouco os cabelos das minha barbies, até riscava, aí fui ficando maiorzinha e aprendendo a cuidar melhor. Na adolescência é mais do que natural vc deixá-las de lado, mas eu fazia questão de guardá-las e querer mostrar pros meus filhos. Mas aí uma auxiliar de casa que não sei quem nem quero saber, furtou-as, deixando pouquíssimas, inclusive a minha Rose, a Blossom Beauty. Mas depois de muita procura eu consegui achar uma no ML. Quando tiver um bom número, vou aparecer nessa seção. Bjos á todos!

  14. Adorei! Recentemente descobri o flickr dela e pude identificar algumas bonecas que eu tb tenho da época que eu era criança, inclusive a piloto. Tb me lembro quando a ganhei e lembro que na época ela ñ era tão baratinha. Vou fazer umas fotos das minhas Barbies tb só preciso de tempo. Adorei!!

  15. Adorei a coleção da Alê! Uma graça todas as dolls e a disposição delas e como sempre adoro ver colecionadores aqui neste espaço do MBD compartilhando sempre uma linda história! Parabéns Alê e a Samira por trazer mais uma linda história de colecionadores! Beijo grande a todos 🙂

  16. Parabéns, Alê pela linda coleção! Uma ótima história também.. e nossa, quantas preciosidades na sua coleção, hein? Hehe Parabéns Samira também novamente por este espacinho! Um beijo p/ todos!

    1. Obrigada Emidio, Pedro, Alê Campos, Alessandra, J.JD, Matnel, Nina, Viktor, Fernando, Lady LoLo, Nathalia, Marta, Liziane, Fashion Doll, Katia, Raphael, BarbieLover, Barbiera, Gabi, Caori e Akio pelos comentários. Já converso com a Alê há algum tempo e apesar de nos conhecermos apenas de forma virtual, é muito gratificante poder conhecê-la e ver esse carinho todo que ela recebeu dos outros colecionadores. Como sempre, mais uma história bacana e diferente de outra pessoa que admira o mesmo hobby que o nosso.
      Alê, obrigada você pelo carinho e pela oportunidade. Espero que tenha gostado tanto quanto eu. E também babei aqui por algumas das inúmeras bonecas dela! rs
      Beijinho a todos! Muito bom saber que esse cantinho é apreciado por todos 🙂

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s