Barbie pelo mundo: Japão

A história das Barbies produzidas no Japão é bem antiga. Os primeiros lançamentos exclusivos chegaram às prateleiras nos anos 1960 utilizando os moldes de rosto mais antigos de Barbie, tais como o Original e o TNT. Ao contrário das versões lançadas nos Estados Unidos as bonecas japonesas trajavam quimonos e outras roupas comuns à cultura deste país. Personagens como Skipper e Francie também foram lançadas no país e até ganharam amigas exclusivas. Várias empresas produziram as Barbies japonesas (algumas ao mesmo tempo) ocasionando diferenças entre bonecas produzidas no mesmo ano.

Barbies exclusivas lançadas no Japão na década de 1960 | Crédito da imagem: LovesBabs/Flickr

Porém nos anos 1970 no auge da era SuperStar Barbie não fazia o mesmo sucesso no Japão. A figura altiva e sorridente da boneca como uma mulher poderosa e bem sucedida não era vista com bons olhos no país. Algumas versões lançadas como o molde SuperStar em todo mundo tiveram seus moldes alterados exclusivamente para o mercado japonês.

Para recuperar as vendas e concorrer com outras bonecas que faziam sucesso no Japão, no começo dos anos 1980 Barbie sofre uma verdadeira transformação. Influenciada pelo visual de mangás e animes tradicionais, ganha um corpo menor e mais delicado, figurinos coloridos, porém nada ousados. As bonecas lançadas neste período se destacam pelos olhos enormes, cabeça arredondada e boca muito pequena. Ken também ganhou a aparência dos personagens dos mangás japoneses e ao contrário dos bonecos coloridos e extravagantes lançados no mundo todo nesta época, aparece com roupas discretas e corte de cabelo no mesmo estilo dos jovens nipônicos.

Novamente alcançando o sucesso entre os consumidores, Barbie tem coleções assinadas por conhecidos designers japoneses. O visual em estilo mangá foi utilizado até meados dos anos 1990, quando Barbie e seus amigos passaram a ter um visual bem parecido com o dos bonecos lançados nos países ocidentais. O Japão tem grande prestígio perante à Mattel, fato este que possibilitou o lançamento de diversas Barbies da linha Collector vendidas exclusivamente em lojas japonesas.

A seguir alguns dos lançamentos que só puderam ser apreciados pelos moradores da Terra do Sol Nascente:

Tuli-Chan (1974): Amiga da Francie lançada somente no mercado japonês.

Crédito da imagem: CatPats/Flickr

Skip-Chan (1976): A versão japonesa de Skipper.

Crédito da imagem: nicolenicole/Flickr

SuperStar Barbie (1976): Ao contrário das versões lançadas nos demais países, a versão japonesa da famosíssima SuperStar Barbie foi produzida com diversas roupas diferentes.

Crédito da imagem: nicolenicole/Flickr

Kimono Barbie (1984): Na série Kimono Barbie usa diversos modelos do traje mais tradicional do Japão. Foi produzida pela empresa Takara.

Crédito da imagem: whizmo749/eBay

Boy Friend Ken (1984): Produzido pela empresa Takara este Ken não lembra em nada os coloridos Kens da década de 1980 vendidos em outros países.

Crédito da imagem: den268/eBay

Flower Barbie (1986): Esta Barbie foi produzida pela empresa Ma-Ba.

Crédito da imagem: Debbiescrafts/eBay

Crystal Party Barbie (1990): Produzida pela empresa BanDai o rosto desta Barbie é totalmente diferente das ocidentais.

Crédito da imagem: ioffer.com

Wedding Barbie & Ken (1990):  Os casais produzidos pela BanDai nos anos 1990 estão entre os preferidos pelos colecionadores de Barbies japonesas.

Crédito da imagem: den268/eBay

Travelin’ Sisters Playset (1995): Apesar de lançado em outros países, este conjunto que traz as irmãs da Barbie teve o rosto alterado para agradar o mercado japonês. A versão normal tem o head mold SuperStar enquanto a versão japonesa usa o molde Mackie, que tem a boca fechada.

Crédito da imagem: kattisdolls.net

Ellesse Barbie (1996): A Barbie da famosa grife esportiva Ellesse só foi distribuída nas lojas japonesas.

Crédito da imagem: shop.fashiondoll.nl

Hello Kitty Barbie (1999): Barbie lançada em uma época em que as versões japonesas já não são tão diferentes das lançadas nos países ocidentais.

Crédito da imagem: likehoney503/eBay

Barbie Styled by Yiuming (1999): Belíssima, esta Barbie foi criada pela cantora Yumi Matsutoya e vendida somente no seu país, o Japão.

Crédito da imagem: Divulgação Mattel/Barbie Collector

Burberry Blue Label Barbie (1999): Apenas dez mil unidades foram produzidas desta Barbie da tradicional grife Burberry e vendida em lojas japonesas.

Crédito da imagem: beauty_in_a_box/eBay

School Girl Reyna (1999): Esta amiga de Barbie só foi lançada no Japão.

Crédito da imagem: Rod_Dolls/Flickr

Trace of Lace Barbie (2005): Uma das mais raras Silkstones, esta versão Platinum teve edição limitada a 500 unidades distribuídas somente no mercado japonês.

Crédito da imagem: Divulgação Barbie Collector/Mattel via insidethefashiondollstudio.com

Bake Shop Barbie (2006): Barbie usa uma roupa inspirada nas roupas dos funcionários de padarias japonesas.

Crédito da imagem: farmspeedracer/Flickr

Jingle Flowers Barbie (2009): Criada pela estilista Rei Kawakubo esta edição Platinum teve edição limita a apenas 300 unidades, vendidas somente nas lojas da grife Comme des Garçons.

Crédito da imagem: Divulgação Mattel via misssalazarfashionworld.com

E você, gostou de conhecer estas Barbies tão diferentes? Deixe um comentário!

***

Com colaboração de André Santiago. Os créditos das imagens estão nas legendas de cada uma; as imagens redirecionam para suas páginas de origem.

Anúncios

11 comentários sobre “Barbie pelo mundo: Japão

  1. Adorei esse post, muito interessante! como a Mattel mima os japoneses, várias Barbies exclusivas pra eles, sortudos! Quando o Brasil vai ter uma Barbie Platinum pra chamar de sua, hein?

  2. Samira, parabéns pelo post! Adorei a info e todas as dolls, em especial a Barbie Styled by Yiuming (1999) e a School Girl Reyna (1999). Não sei se tu lembras de eu ter dito isso na convenção mas me encata justamente isso na Barbie/Mattel: a força deste produto/fabricante a ponto de milhares no mundo se interessarem por sua temática; até o Japão se adaptou em alguns momentos e a Mattel a ele a fim de terem uma “harmonia” e se expressarem à contento. Bj gde e parabéns!

  3. Adorei o post, super legal as Barbie do Japão, principalmente a Barbie Styled by Yiuming, Burberry Blue Label Barbie, School Girl Reyna e a Trace of Lace Barbie. Beijos.

  4. Parabéns Sam e André o post está muito bacana, e assim como o Alexandre Campos as minhas preferidas também são a Barbie Styled by Yiuming (1999) e a School Girl Reyna (1999).

  5. Muito legal, o mercado japonês deve ser mesmo muito bom para a Mattel, estas Barbies estão muito bem caracterizadas, lindas.
    Parabéns pelo blog, ainda não conhecia e virei fã.

    Beijos

  6. Adoreii o post! Muito lindas as Barbies do Japão, minhas preferidas são a Crystal Party Barbie, a School Girl Reyna, a Trace of Lace e a Burberry Blue…*

  7. AMO o Japão, antes de colecionar barbie eu comprava muitos bonecos de anime e mangá (Figures&Gashapon) mas minha paixão por Barbie foi maior e hj compro bem raramente hehe tenhos duas dolls japonesas da Licca Chan e uma J-Doll

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s