Como encontrar Barbies colecionáveis?

Aproveitando o comentário da querida Giovana, irei falar um pouco a respeito de como adquirir as Barbies da linha colecionável comprando por sites nacionais e internacionais, além de outras formas.

Algumas bonecas da série Pink Label são facilmente encontradas em lojas de brinquedos. É claro que isso não vale para todas as cidades do Brasil. Geralmente nas capitais pode ser mais fácil de encontrar. As lojas Ri Happy e Meninos e Meninas, por exemplo, revendem aqui em Florianópolis. Nas suas cidades será necessário verificar se a empresa que revende Mattel e, consequentemente Barbie, revende as dolls da linha colecionável. Atualmente a rede de lojas Valisere também está revendendo dolls colecionáveis, mas por enquanto só estão trabalhando com a Coleção 2009 e 2010.

Mas se na sua cidade nenhuma loja de brinquedos revende esse tipo de boneca, vale apelar para os sites das grandes lojas, comprando via cartão de crédito ou boleto bancário. A Americanas (www.americanas.com.br), o Submarino (www.submarino.com.br) e a Walmart (www.walmart.com.br), por exemplo, revendem alguns modelos. Já comprei neles e nunca tive problema algum com envio. É claro que algumas dolls, como são os casos das rotuladas como Gold Label, são mais difíceis de achar – mas nada é impossível.

Há também outros sites nacionais, como é o caso da rede Toy Mania (www.toymania.com.br), TriKids (www.trikids.com.br) a própria Ri Happy (www.rihappy.com.br), Dollygal (www.dollygalstore.com), entre outros. Na maior parte desses sites é possível parcelar a compra sem juros. Verifique antes de fechar a compra.

Entre os sites nacionais que mais gosto de comprar está o Mercado Livre (www.mercadolivre.com.br). Diferente de uma loja provida de um grande estoque de mercadorias, no Mercado Livre os produtos são de posse de terceiros. Ou seja, há um certo risco na transação, já que você deve confiar no vendedor. Mas para isso há uma série de dicas a serem seguidas:

  • Sempre veja a reputação do vendedor. Geralmente vendedores com reputação alta são mais confiáveis;
  • Confira os comentários dos ex-compradores. Por lá você tira alguma dúvida a respeito da integridade do vendedor, se ele envia as encomendas de forma rápida, se é prestativo, se tira todas as dúvidas, etc.;
  • Em algumas situações, o Mercado Livre trabalha com lances. Quem oferecer um valor maior pela mercadoria, leva. Mas cuidado no valor que oferta, para não perder a cabeça;
  • Leia todas as informações a respeito do produto. Veja fotos. Se não tiver imagem, peça para o vendedor. Se achar a imagem fajuta, desconfie e parta para outra. O importante é não perder dinheiro;
  • Só feche a compra se realmente você for comprar o produto. Assim como os vendedores, os compradores também são avaliados. Ou seja, se você tiver uma má reputação, é capaz de algum vendedor não dar crédito pra você.

Há uma série de medidas a serem tomadas. Nunca tive problemas com nenhuma das pessoas com as quais comprei. Dependendo do vendedor, caso você compre sempre, eles passam a te dar descontos – vendendo fora do ML. Mas isso vai de cada um.

No Mercado Livre é possível, ainda, parcelar as compras. Mas lembre-se: neste caso o ML irá cobrar juros nas parcelas, que é uma maneira deles ganharem o troco deles. Não sei bem quanto é a taxa que eles acrescem, mas isso pode ser verificado no momento da compra.

Há ainda a opção dos sites internacionais. Confesso que jamais comprei diretamente por esse método, mas não custa tentar. Conheço outros colecionadores que já compraram e nunca soube de problemas. Creio que, neste caso, o problema maior seja a questão da comunicação – se você não manjar nem o básico do inglês fica difícil. Para isso existe o Google Translator 🙂

Há quem compre pelo eBay (www.ebay.com), que segue um sistema semelhante ao Mercado Livre, só que é dos EUA. Alguns vendedores enviam os produtos numa boa. É questão de conversar. Muito cuidado com o frete nesse caso, o preço pode ser bem salgado. Também verifique a forma de envio: se por avião ou navio. Por navio demora um tempo para chegar, por isso é mais barato.

Há, ainda, quem prefira comprar direto de terceiros que morem nos EUA ou demais países. Geralmente são pessoas que colecionam bonecas (e fazem a ponte entre você e sites internacionais, para depois lhe enviar o produto) ou estão se desfazendo de sua coleção. Atualmente compro por esse meio, com uma pessoa de minha confiança. Neste caso, peça dicas para colecionadores que já comprem há muito tempo por este meio, pedindo o contato do vendedor e negociando diretamente com ele. Lembrando que neste caso o vendedor cobra uma comissão sobre o valor final do produto + frete. Mesmo assim, fica muito mais barato do que se fosse comprar no Brasil (já que por aqui o valor chega a triplicar ou mesmo quadruplicar).

Também há quem compre por outros sites internacionais que fazem entrega em outros países via Paypal (www.paypal.com.br), site que intermedia o pagamento (no caso das compras) ou recebimento de dinheiro por meio de cartões de créditos internacionais ou conta bancária atrelada ao site. Atualmente ele aceita cartões brasileiros das marcas Mastercard, Visa e American Express. É bem seguro – conheço pessoas que usam bastante – e para se cadastrar no site não há custo algum – só na hora de efetuar a compra, é claro. O PayPal converte em reais o valor de sua compra e não desconta o valor em dólares.

No caso das compras internacionais há um cuidado adicional: as tarifas alfandegárias. Dependendo da quantidade de dolls que você receber, impostos serão taxados sobre o valor do produto. Tem gente – sortuda – que compra e raramente passa por esse problema. Outros sofrem com essas taxas, pagando quase 100% do valor do produto só de imposto ou outra porcentagem menor. Por isso, cuidado! Uma dica importante é tentar encomendar uma vez por mês. De qualquer modo, a tarifação dos produtos pela Alfândega é uma questão de sorte: às vezes você é tarifado, às vezes não. Isso porque bonecas, brinquedos, eletrônicos e uma miscelânea de produtos devem ser tarifados. Já outros como livros e DVDs são livres de tarifação.

E ai, gostaram das dicas? Espero que tenha ajudado 😉

Anúncios

18 comentários sobre “Como encontrar Barbies colecionáveis?

  1. Oi Sam .
    Quero comprar Pullips (não estou te enjoando né ?^^)
    Mas elas são muito caras . Até no mercado livre . É o preço delas mesmo uns 350,00 reais para baixo ou estão vendendo caro :/ ?

    1. Oi Gio!
      Sim, paguei 49,90 na Âncora de TV. E sim, as Pullips são lindas, mas o preço delas geralmente é mais salgado que algumas Barbies Colecionáveis (pelo menos, das vezes que pesquiso preço, nunca encontrei baratinhas). Dai que só fico nas Barbies mesmo 😉
      Beijos

    1. Hahaha, quem dera, Enrico! Que nada, tenho 30, redondo. Gostava de Barbies na infância mas depois com a adolescência dei um tempo – e acabei passando para a frente as dolls que tinha. Agora, depois de adulta, casada e com filho que resolvi voltar a colecionar – comecei a comprar ano passado.
      Mas daqui a alguns dias creio que esse número irá aumentar 😉 Assim que as novidades chegarem, posto fotos aqui pra vocês 🙂
      Beijos

  2. Olá vc gostaria de participar de um concurso de barbies que ocorrera nesse blog aqui: mybarbiegirlpink.blogspot.com/ vc irá escolher a sua barbie mais bonita e vai dar uma acheitadinha nela e vai tirar uma foto dela e mandar para um e-mail que ainda não foi solicitado (mais será) e a barbie mais fashion terá uma página só para ela no mybarbiegirlpink.

    O concurso se chama miss doll.

    Amanda.

  3. obrigado pela visita no meu blog espero ki vc visite mais,minha camera tava kebrada e eu tava sem net por isso ki eu nunca mais postei mais vou postar novamente…xau

  4. Olá, bom dia! Gostei muito de suas dicas, mas, basicamente, estou procurando uma barbie princesa da ilha – tenho uma filha de três anos que assiste este filme todos os dias e sempre me pede de presente: Natal, aniversário, dia das crianças… Nunca encontrei em lojas aqui no Brasil. No Mercado livre até achei, mas muito caro. Vc sabe informar algo a respeito, ou o preço nestes site internacionais? Para mim fica mais difícil, não falo uma vírgula em inglês. Obrigado

    1. Oi Luis!
      Sinceramente não conheço essa boneca. De fato algumas bonecas são difíceis de encontrar no Brasil, haja vista que as revendedoras da marca no país por vezes não disponibilizam todos os modelos para venda para os lojistas e acaba que alguns modelos não são encontrados no país. Uma alternativa é o Mercado Livre, mas geralmente os preços por lá podem ser mais altos já que quem revende lá são os pessoas comuns, que podem colocar o preço como desejam. Mas é um modo de comprar o produto sem precisar falar em inglês, já que sites como o eBay, por exemplo, similar ao ML, exigirão que você saiba ao menos o básico da língua para se comunicar com os vendedores.
      Desculpe por não poder ter respondido corretamente tua pergunta.
      Abs.

  5. Eu comprei uma única collectible no Brasil, foi na Submarino, a Chapeuzinho Vermelho.
    Como elas sempre chegam aqui com preços absurdos, sempre compro pelo ebay. Mesmo pagando frete do preço da doll ou mais caro, e as vezes pagando taxa de importação, fica mais barato do que comprar elas aqui. Que coisa não?

  6. Oi!
    Gostaria de comprar a Barbie Holiday 2008,Mais Não A acho em nenhum lugar 😦 Sabe me dizer em que loja a encontro?Amei a roupa dela e estou a procura 😀
    Bjs.

    1. Olá Ester!
      É possível encontrá-la em sites como o Mercado Livre (www.mercadolivre.com.br no Brasil) e no eBay (www.ebay.com nos EUA). Dai os preços variam de acordo com cada vendedor.
      Abs. 🙂

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s