My first doll

Finalmente irei lhes apresentar a primeira colecionável que tive a oportunidade de adquirir. Quando vi a Cynthia Rowley, confesso que fiquei apaixonada e também gostei do face da boneca. Era um rostinho distinto em meio às feições já conhecidas da Barbie.

Um pouco sobre a homenagem
Cynthia Rowley é estilista e possui lojas espalhadas por vários lugares do mundo: Nova York, Los Angeles, Chicago, East Hampton e Japão. Tinha apenas sete aninhos (acredita?) quando desenhou seu primeiro vestido. Cursou o Art Institute of Chicago, quando vendeu sua primeira coleção, composta por oito peças, o que é considerado um número pequeno. Sapatos, jeans, acessórios e perfumes compõem a atual fonte de renda e inspiração da estilista.

Essa Barbie vem vestida com um lindo vestido de renda azul claro com pontos de glitter e um paletó creme para arrematar o visual. Bolsa de “couro” (imita, apenas), uma miniatura de sacola de compras da rede de lojas da estilista, dois pares de sandálias (uma rosa que já vem com a boneca e outro par amarelo, à parte), telefone celular, batom e uma pequena quantia em dinheiro compõem seus acessórios. No rosto, maquiagem delicada, além de ter cabelos loiros escuros bem lindos!

Ela está incluída na categoria Gold Label e foi lançada em 2005. Confira as fotos de minha doll (clique na foto para ampliar):

Detalhe da caixa: o lacinho azul é lindo!
Uma graça!
Repara só no dinheirinho...
Detalhe da renda do vestido...
... e da sacola de compras!
E o certificado de Autenticidade, para completar!

Saiba mais sobre a Cynthia aqui: http://www.cynthiarowley.com/

Anúncios

5 comentários sobre “My first doll

    1. Pois é, Diego, ainda não cheguei nesta parte…rs. Faltam dois capítulos para terminar, e até agora não disse nada. Antes, quando lia sobre a história da família Handler, imaginava que ele tivesse morrido bem novo. Mas não: ele constituiu família, teve filhos… Mas, diante da sua e da minha curiosidade, também, resolvi buscar a informação na internet e achei esse link de uma matéria no portal da revista Época sobre o livro: http://migre.me/ls6B. Ali diz que, apesar da versão nunca ter sido confirmada por Ruth, Ken teria morrido vítima de Aids, após ter contraído a doença em uma relação homossexual. Se é verdade, porém, não há como confirmar.
      Ah, e tenho que corrigir no post, também, mas o escritor do livro, Robin, na verdade é uma mulher (pelo nome, erroneamente tinha pensado que era homem.. sorry!).
      Bacana a visita. Irei continuar lendo o livro e qualquer coisa, te conto!
      Abs.
      Ps.: também moro em Floripa.. rs..

  1. Ai q legal, já são 4 colecionadores aqui em Floripa, vc o Shiny Disco, A Pree, e mais uns dois que estão no meu orkut, muito legal isso né, o povo de Sampa se encontra em Shops acho q temos q fazer um encontro de colecionadores em Floripa tbm
    😀

    1. Ah, não sabia que tinha mais colecionadores por aqui. Bacana saber! Temos que trocar experiências, como customizar e dicas de onde comprar bonecas colecionáveis mais em conta, essas coisas. Quem sabe um dia rola? 🙂
      Abs!

Deixe seu comentário no espaço abaixo! Obrigada! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s